Nacional de Basquete deve ter apenas 4 equipes paulistas

Apenas quatro equipes de São Paulo confirmaram que vão disputar o Campeonato Nacional Masculino de Basquete - assim, o Estado não preencherá suas oito vagas. Paulistano, Franca, Rio Claro e Limeira, que têm patrocinadores, são os clubes que participam da competição. Nesta sexta-feira, em reunião da Comissão Executiva de Clubes, a Confederação Brasileira de Basquete (CBB) informou que os clubes terão de pagar as despesas. Sem recursos para viagens e times competitivos, equipes como Pinheiros, Hebraica, Araraquara e Assis estão fora do Nacional. E Limeira ainda pediu que os paulistas só entrem na disputa após dezembro e o fim do primeiro turno do Paulista. O presidente da CBB, Gerasime Grego Bozikis, disse que o Nacional não tem recursos para os clubes. ?Partimos de receita zero?, avisou.Uma Comissão de Marketing com Franca, Minas, Brasília e Flamengo atuará na negociação com TV, marca de bola e patrocinadores. Os clubes têm até o dia 13 de outubro para se inscrever - o Nacional começa em 12 de novembro. E a Comissão Executiva volta a se reunir dia 17, para definir o sistema de disputa, que dependerá do número de inscritos, entre 18 e 24 equipes. Franca propôs a transformação da Comissão Executiva em associação brasileira de clubes. A CBB disse que não se opõe e também retirou a restrição de proibir a participação de clubes da Nossa Liga de Basquete (NLB) no Nacional.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.