Mike Stobe/AFP
Mike Stobe/AFP

NBA aprova mudanças no sorteio do Draft para coibir derrotas propositais

Três piores equipes da temporada agora terão chances iguais de ficar com a primeira escolha

Estadão Conteúdo

28 de setembro de 2017 | 20h10

A NBA anunciou nesta quinta-feira alterações em suas regras do Draft para tentar coibir as derrotas propositais das equipes nas temporadas regulares. As mudanças serão adotadas a partir de 2019 e farão com que o pior time do campeonato tenha menos chance de ficar com a primeira escolha da cerimônia.

+ Wade projeta ser 'líder' do Cavaliers e explica opção: 'Melhor lugar'

Tradicionalmente, a NBA adota um modelo que beneficia os piores times da temporada no Draft seguinte, na tentativa de equilibrar a liga. Só que já há alguns anos, as franquias que se viam longe da briga pelos playoffs passaram a formar times cada vez mais fracos para terem mais chances de ficar com a primeira escolha.

As três primeiras posições do Draft são definidas por sorteio, em que o pior time da temporada tem 25% de chances de ficar com a primeira escolha, o segundo pior tem 19,9% e o terceiro, 15,6%. A partir de 2019, no entanto, as três piores franquias terão os mesmos 14% de chance.

No atual formato, apenas as três primeiras colocações do Draft são sorteadas, sendo que as restantes são distribuídas conforme a posição do time na temporada, do pior para o melhor. A partir de 2019, porém, os quatro primeiros lugares participarão do sorteio, o que fará com que a pior equipe tenha apenas a quinta colocação já garantida, e não mais a quarta.

"A reforma no sorteio do Draft da NBA é um passo significativo em nosso esforço contínuo para garantir a qualidade dos jogos", declarou o presidente de operações da NBA, Byron Spruell. "Estas mudanças foram necessárias para melhorar os incentivos competitivos de nossos times."

A NBA também anunciou nesta quinta medidas para coibir o excesso de jogadores poupados nas partidas da liga. De acordo com as novas normas: serão multadas em pelo menos US$ 100 mil as franquias que pouparem atletas saudáveis em partidas transmitidas nacionalmente; as equipes não poderão descansar múltiplos nomes saudáveis em um mesmo jogo; e quando forem poupados, estes jogadores deverão estar presentes e interagir com os fãs.

Tudo o que sabemos sobre:
NBAbasquete

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.