Lucy Nicholson/Reuters - 26/4/2011
Lucy Nicholson/Reuters - 26/4/2011

NBA: Chris Paul vai para o Clippers

Em troca, Hornets receberá Gordon, Aminu, Kaman e primeira escolha do próximo draft

AE, Agência Estado

15 de dezembro de 2011 | 09h27

LOS ANGELES - Um dos astros da NBA, o armador Chris Paul vai mesmo para Los Angeles. Depois de sua transferência para o Lakers ser vetada pela direção da liga norte-americana de basquete, o jogador acertou agora com a outra equipe da cidade, o Clippers. Em troca, o New Orleans Hornets receberá quatro atletas: Eric Gordon, Al-Farouq Aminu, Chris Kaman e a primeira escolha do próximo draft.

Com médias de 18,7 pontos e 9,8 assistências por jogo na última temporada, Chris Paul era um dos jogadores mais assediados no mercado da NBA. Mesmo porque, ele não queria mais ficar no Hornets e seu contrato acabaria no final do próximo campeonato, o que permitiria sua saída de graça. Assim, a equipe de Nova Orleans resolveu negociar seu principal jogador, para ganhar alguma coisa em troca.

O Los Angeles Lakers chegou a acertar a contratação de Chris Paul na semana passada, numa troca que ainda envolveria também o Houston Rockets e jogadores como Lamar Odom, Pau Gasol e Luis Scola. Mas a direção da NBA, que administra o New Orleans Hornets, vetou o negócio por entender que ele seria ruim para a equipe. Assim, o caminho ficou aberto para o Clippers ficar com o astro de 26 anos.

"Sei que nós estamos fazendo a melhor coisa para o time de Nova Orleans e esse é o meu trabalho", disse David Stern, o chefão da NBA, que sofreu muita pressão da torcida do Hornets para não negociar Chris Paul. "Você tem que seguir o que você pensa que é o certo. Tenho que confessar que não foi muito agradável, mas eu não sou pago para ter divertimento", completou o dirigente.

Com Chris Paul, o Los Angeles Clippers passa a ser uma das forças da próxima temporada da NBA, que, por conta do atraso na negociação do acordo coletivo de trabalho, vai começar apenas no dia 25 de dezembro, quase dois meses depois da data inicialmente prevista. Afinal, a equipe conta com outros jogadores de boa performance, como Blake Griffin, Caron Butler e Mo Williams.

O Hornets, por sua vez, começa uma fase de reconstrução sem o seu principal jogador, que liderou a equipe nas últimas seis temporadas. Para isso, terá agora Ben Gordon, que teve média de 22,3 pontos por jogo com o Clippers no campeonato passado. Além do novo reforço, a franquia de Nova Orleans ainda manteve alguns bons coadjuvantes, como Trevor Ariza e Emeka Okafor.

Tudo o que sabemos sobre:
basqueteNBAChis Paul

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.