Bill Streicher/USA Today Sports
Bill Streicher/USA Today Sports

NBA discute adiar começo da próxima temporada para dezembro de 2020

Com tantas incertezas pelo coronavírus, liga está tentando antecipar cenários para que jogos sejam retomados com presença de público

Redação, O Estado de S.Paulo

02 de maio de 2020 | 09h53

A pandemia do novo coronavírus está conseguindo mexer com o sólido planejamento de muitas entidades. A NBA, por exemplo, está há quase dois meses sem partidas oficiais, mas esse tempo 'perdido' pelo menos ajuda no desenvolvimento de novas ideias e planos de ação. A nova pauta da liga é adiar o início da temporada 2020/2021 para dezembro deste ano.

Segundo reportagem da ESPN americana, o comissário da NBA, Adam Silver, colocou a possibilidade em pauta e muitos donos de franquias têm comprado a ideia. A atual temporada, para efeitos de comparação, começou no dia 22 de outubro do ano passado, e teria previsão de término para junho. Esse novo planejamento da liga é, de certa forma, proporcional com a paralisação em razão da pandemia.

De acordos com fontes da reportagem, essa possibilidade não depende de um possível retorno ou não da temporada vigente. Recentemente, a Mesa de Governadores da NBA decidiu por adiar dois eventos que aconteceriam em maio, com sede em Chicago, relacionados ao Draft. A entidade ainda não decidiu por adiar a noite de seleção dos calouros, prevista para o dia25 de junho, mas cresce a ideia de que é apenas uma questão de tempo para que esta decisão seja tomada.

Para a NBA, o foco desta ideia de adiar o início da próxima temporada pensa muito nos grandes centros e na possibilidade de ganhar mais tempo para que os torcedores possam voltar a frequentar as arquibancadas de forma segura na maior quantidade de partidas possível. No entanto, não há nenhum plano iminente para se tomar nenhuma decisão sobre os calendários, e a discussão irá continuar.

Com as incerteza contínuas acerca da pandemia, a liga que comanda o basquete norte-americano profissional está tentando antecipar o maior número de obstáculos potenciais para o retorno imediato dos torcedores nas arenas nos próximos meses e até anos.

"Se começar em dezembro, isso não quer dizer que o público vai voltar em dezembro, mas talvez ele volte em março", disse um dos membros do grupo à reportagem da ESPN americana. Se o campeonato atual continuar e ser finalizada em setembro, até mesmo outubro, o adiamento da temporada 2020/2021 é inevitável.

Conversas têm centrado em uma temporada que comece antes do natal e que se estenda até julho ou agosto do próximo ano. O Draft da NBA e a free agency seguiriam o fim da mesma.

Vale lembrar que a NBA foi uma das primeiras entidades do mundo todo a tomar precauções de segurança e saúde necessárias para conter a disseminação da covid-19.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.