NBA: finalistas podem sair nesta 6ª

Os finalistas da NBA poderão ser conhecidos na noite desta sexta-feira. Se o Sacramento Kings derrotar o atual bicampeão Los Angeles Lakers no Staples Center de Los Angeles, enfiará dois coelhos numa mesma cesta: disputar o título depois de meio século de jejum e interromper a dinastia recém-iniciada pelo técnico Phil Jackson com Kobe Bryant e Shaquille O?Neal. Na costa atlântica, o New Jersey Nets jogará em Boston com ambição maior: alcançar sua primeira final. Mas os Celtics, com o maior número de anéis de campeões, querem resgatar seu passado glorioso, quando Larry Byrd era sinônimo de Boston e basquete. Os playoffs de Leste e Oeste exibem placar idêntico de 3 a 2, faltando uma ou duas partidas para definir os vencedores de uma e de outra. As séries da temporada, dado o equilíbrio de forças revelado pela contagem, têm sido as mais eletrizantes dos últimos 20 anos. Na quarta-feira, em New Jersey, os Nets derrotaram os Celtics por contagem aparentemente folgada (103 a 92), mas o fantasma da virada assustou a torcida. No sábado passado, os Celtics tinham iniciado o último quarto de jogo 21 pontos atrás e acabaram vencendo, quebrando o recorde de viradas da NBA. Na quarta-feira, a situação ameaçou se repetir: de 38 a 55 no intervalo, os verdes de Boston encostaram em 73 a 74, a dez minutos do fim. O treinador Byron Scott pediu tempo e os Nets reiniciaram com ímpeto, cravando 13 pontos consecutivos e garantindo os 3 a 2. Em LA, os Lakers sentem a corda apertar no pescoço mas mantêm o otimismo. Nem a presença calorosa do ?iluminado? Jack Nicholson numa cadeira de pista que custa US$ 2 mil por partida tem servido para intimidar a equipe da ?cow-city? ? cidade das vacas, como a turma de LA pejorativamente designa Sacramento, aliás a capital da Califórnia. Os ?caipiras? têm um quinteto sólido, comandado pelo armador Mike Bibby, que tem feito a diferença. O pivô sérvio Vlade Divac encosta em O?Neal, o ala Doug Christie cola em Bryant e o grandalhão Chris Webber se desloca no ataque como pivô para tentar tiros ou assistências. E é dos Kings a revelação dos playoffs: um turco chamado Hedo Turkoglu. A ESPN vai transmitir os jogos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.