Christian Petersen / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / Getty Images via AFP
Christian Petersen / GETTY IMAGES NORTH AMERICA / Getty Images via AFP

Heat vence mais uma e avança nos playoffs da NBA; Suns reagem em casa

Time da Flórida supera desfalques e confirma a classificação com uma vitória por 97 a 94 sobre o Atlanta Hawks; Mikal Bridges sobra e coloca a equipe do Arizona na frente contra os Pelicans

Redação, Estadão Conteúdo

27 de abril de 2022 | 09h17

Líderes de suas Conferências na temporada regular, Miami Heat e Phoenix Suns venceram seus jogos na noite desta terça-feira, apesar dos desfalques e de certa dose de sofrimento. O Heat confirmou sua classificação para a próxima fase dos playoffs, enquanto os Suns abriram vantagem no duelo contra o New Orleans Pelicans.

Em Phoenix, os donos da melhor campanha da temporada regular voltaram a jogar sem Devin Booker, principal jogador da equipe. Mikal Bridges assumiu a responsabilidade e comandou os anfitriões com seus 31 pontos. O cestinha da partida anotou ainda cinco rebotes para deixar os Suns em vantagem por 3 a 2 na série melhor de sete jogos.

Com o triunfo por 112 a 97, os favoritos estão a apenas uma vitória de fechar o confronto. O sexto jogo da série está marcado para quinta, na casa dos Pelicans. "Estou pronto para jogar amanhã. Estou energizado, meus colegas de time me mantêm em alto nível. Estou pronto, adoro estar lá com meus companheiros. Eles são meus melhores amigos, isso facilita muito", comentou Bridges.

Ele contou com o apoio do experiente Chris Paul, que brilhou com um "double-double" de 22 pontos e 11 assistências. Deandre Ayton anotou 19 pontos e nove rebotes. O resultado deixa os Suns novamente na liderança do confronto, ainda sem conseguir abrir maior vantagem na série. O duelo tem sido muito mais apertado do que o esperado, por reunir um dos favoritos ao título e uma das equipes que precisou passar pelo play-in, espécie de repescagem, para alcançar os playoffs.

O revés, contudo, não desanimou os Pelicans. Destaque da equipe desde o primeiro jogo desta série, Brandon Ingram foi mais discreto nesta noite. Ele marcou 22 pontos, cinco rebotes e cinco assistências. CJ McCollum registrou 21 pontos, oito rebotes e cinco assistências, enquanto Jonas Valanciunas registrou um "double-double" de 17 pontos e 14 rebotes.

Em Miami, o Heat venceu faturou a quarta vitória sobre o Atlanta Hawks, desta vez por 97 a 94, e selou o triunfo no confronto por 4 a 1. Classificado para as semifinais da Conferência Leste, o time da Flórida aguarda a definição do duelo entre Philadelphia 76ers e Toronto Raptors. O primeiro está liderando a série por 3 a 2.

Sem poder contar com Jimmy Butler, que se recupera de uma inflamação no joelho direito, o Heat foi comandado por Victor Oladipo, autor de 23 pontos, e Bam Adebayo, responsável por um "double-double" de 20 pontos e 11 rebotes. Tyler Herro deixou o banco de reservas para anotar 16 pontos. Pelos Hawks, De'Andre Hunter foi o maior pontuador do jogo, com 35 pontos.

Equilíbrio em Memphis

Em Memphis, os Grizzlies e o Minnesota Timberwolves fazem um dos duelos mais equilibrados destes playoffs. O time da casa levou a melhor nesta noite pelo apertado placar de 111 a 109, e assumiu a dianteira na série, por 3 a 2. Agora só precisa de mais um triunfo para garantir sua vaga nas semifinais da Conferência Oeste.

O quinto duelo da série contou com um final emocionante. Os Grizzlies chegaram a estar perdendo por 13 pontos no último quarto. Até que Ja Morant passou a fazer a diferença no duelo. Perto de um "triple-double", com seus 30 pontos, 13 rebotes e nove assistências, ele marcou 22 pontos apenas no último período. E, além de ser o cestinha do jogo, foi o responsável pela cesta decisiva do confronto, decidido no último segundo.

Desmond Bane e Brandon Clarke também brilharam em Memphis, com 25 e 21 pontos, respectivamente. Pelos Timberwolves, Karl-Anthony Towns obteve um "double-double" de 28 pontos e 12 rebotes. Mas não pôde evitar o novo revés da sua equipe. O sexto jogo da série está marcado para sexta-feira, em Minnesota.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.