Garrett Ellwood / NBAE / Getty Images / Getty Images via AFP
Garrett Ellwood / NBAE / Getty Images / Getty Images via AFP

NBA: LeBron James faz a cesta da vitória e Stephen Curry é eleito o MVP do Jogo das Estrelas

Dupla é decisiva e comanda vitória por 163 a 160 sobre o time de Kevin Durant, ausente do evento por causa do falecimento repentino da avó

Redação, Estadão Conteúdo

21 de fevereiro de 2022 | 09h16

Não tinha como ser diferente o resultado do Jogo das Estrelas de 2022, neste domingo à noite. LeBron James e Stephen Curry estavam jogando "em casa" e acabaram sendo decisivos em uma linda partida de basquete fechada com arremesso do astro dos Lakers. Grande rival de muitos anos nas quadras da NBA, a dupla estava junta para comandar os 163 x 160 do time LeBron James sobre o time Kevin Durant, ausente da festa por causa do falecimento de sua avó pela manhã.

LeBron fez a última cesta do jogo em seu melhor estilo. Giro sobre a marcação, salto para trás e bola no alvo. O lance de dois restando 11 segundos fechou a festa no Rocket Mortgage FieldHouse, em Cleveland, onde fez história nos Cavaliers entre 2003 e 2010 de depois entre 2014 e 2018, esta segunda passagem com grande rivalidade com o Golden State Warriors do MVP Curry e o tão sonhado anel conquistado.

O capitão do time cinza fechou a noite com 24 pontos e foi ovacionado pela torcida, que pediu seu retorno para os Cavaliers, onde ganhou o inédito título em 2016. Curry, apesar de ter nascido em Akron, vizinha do palco do Jogo das Estrelas deste domingo, acabou vaiado por justamente ter castigado a equipe de Cleveland em três das quatro finais seguidas da NBA, erguendo o troféu em 2015, 2017 e 2018. Nada que o impedisse de ser o MVP da noite.

Curry ganhou o prêmio Kobe Bryant MVP com uma atuação de gala. O astro dos Warriors simplesmente deu um show em quadra ao anotar 50 pontos, sendo 48 deles em 16 cestas de três, recorde em um Jogo das Estrelas.

"Estou agradecido por estar de volta a Ohio (onde nasceu há 33 anos, mas não foi criado) com os melhores jogadores da liga, celebrando o maior nível do basquete", afirmou um feliz Stephen Curry, com o troféu em mãos que agora carrega o nome da lenda Kobe Bryant.

"Obviamente, este troféu tem um significado especial por honrar Kobe e Gigi (filha do ex-jogador que faleceu a seu lado em acidente aéreo). Estou muito agradecido e abençoado", festejou, triste apenas por não ter igualado o recorde de 52 pontos de Anthony Davis. "Eu tentei, eu tentei."

O camaronês Joel Embiid foi um dos destaques do time Kevin Durant, ao marcar 36 pontos, acertando 14 de 20 arremessos. Os jovens Ja Morant, de 22 anos (brilhou com uma enterrada com 360°), e Trae Young, de 23, mostraram que podem aparecer em muitos outros Jogos das Estrelas. Eles mostraram personalidade quando entraram no time vermelho.

Passada a festa, os jogadores já voltam as atenções para suas equipes. Com briga acirrada por vagas nos playoffs, a temporada da NBA retorna com cinco partidas na quinta-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.