Marck Blinch/Reuters
Marck Blinch/Reuters

NBA marca primeiro Jogo das Estrelas fora dos EUA

Partida histórica da temporada 2015/2016 acontecerá em Toronto, no Canadá

AE-AP, Agência Estado

30 de setembro de 2013 | 15h44

TORONTO - A NBA anunciou nesta segunda-feira que seu Jogo das Estrelas da temporada 2015/2016 acontecerá na cidade de Toronto, no Canadá, em 2016. Esta é a primeira vez que a partida festiva, que reúne os principais jogadores das conferências leste e oeste da liga, será realizada fora dos Estados Unidos em 65 anos de história.

"Estamos muito felizes que Toronto sediará nosso primeiro Jogo das Estrelas da NBA fora dos Estados Unidos", declarou o comissário da liga, Adam Silver. "Como sede do primeiro jogo da NBA na história (em 1946), Toronto é o local ideal para esta celebração global do basquete", completou.

Além de Silver, o cantor canadense de rap Drake e o prefeito de Toronto, Rob Ford, estiveram na cerimônia de anúncio nesta segunda. O Jogo das Estrelas da temporada 2015/2016 acontecerá no dia 14 de fevereiro, no Air Canada Centre, casa do Toronto Raptors, equipe que atua na NBA desde 1995.

Esta é a primeira vez que a cidade sediará o Jogo das Estrelas da NBA, mas ela já havia recebido a partida que envolve os principais jogadores de outras duas ligas norte-americanas. Em 1991, o Jogo das Estrelas da Major League Baseball (MLB) aconteceu no local, enquanto em 2000 foi a vez de Toronto receber a partida da National Hockey League (NHL).

O Jogo das Estrelas da temporada 2013/2014 está marcado para Nova Orleans, enquanto em 2014/2015 a festividade acontecerá em Nova York. Apesar de receber o evento em 2016, o Toronto Raptors vive péssima fase na liga e não avança aos Playoffs desde 2008.

FINAIS

Nas próximas semanas a NBA também poderá ter novidades em relação à disputa das finais, que podem ter seu formato alterado. O Comitê de Competição da liga aprovou por unanimidade recomendar uma alteração na forma de disputa atualmente adotada, na qual o time de melhor campanha entre os finalistas inicia a série decisiva, em melhor de sete jogos, atuando duas vezes em casa, antes de jogar três vezes fora e mais duas em casa, no formato 2-3-2.

As outras séries dos Playoffs da NBA acontecem no formato 2-2-1-1-1, justamente o que o comitê sugere para as finais, justificando que esta forma dá mais equilíbrio à disputa. No entanto, como a decisão da liga coloca frente a frente uma equipe do leste contra outra do oeste, a mudança geraria viagens mais longas e, por isso, uma dificuldade maior para a logística.

"A ideia foi plantada na comissão e foi bem recebida. A comissão recomendou por unanimidade o formato", declarou o porta-voz do comitê, Tim Frank. Agora, o formato será votado por todos os proprietários de equipes e a decisão será anunciada em outubro.

Tudo o que sabemos sobre:
basqueteNBAJogo das EstrelasToronto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.