Jeenah Moon/AFP
Jeenah Moon/AFP

NBA revela 16 atletas infectados com o coronavírus após realizar 302 testes

Liga americana registra novos casos e tem a previsão de recomeçar em 31 de julho, no complexo da Disney, na Flórida

Redação, Estadão Conteúdo

26 de junho de 2020 | 14h13

Os testes aplicados na última terça-feira em 302 jogadores da NBA revelaram 16 casos de coronavírus. O anúncio foi feito, nesta sexta-feira, pela maior liga de basquete dos Estados Unidos, após revelação do canal ESPN.

A temporada 2019/2020 da NBA será retomada com apenas 22 das 30 equipes que iniciaram o campeonato, com previsão de recomeçar em 31 de julho, no complexo da Disney, na Flórida.

"Nos exames realizados em 302 jogadores da NBA em 23 de junho, 16 jogadores deram positivo para o coronavírus", declarou a liga em comunicado, sem revelar a identidade dos atletas contaminados. "Qualquer jogador que der positivo permanecerá em isolamento até que satisfaça os protocolos de saúde pública e seja autorizado por um médico."

O ala Malcolm Brogdon, do Indiana Pacers, e três jogadores do Sacramento Kings (Buddy Hield, Jabari Parker e Alex Len) foram alguns dos atletas que revelaram durante a semana terem sido diagnosticados com a covid-19.

O canal ESPN aumentou a lista de infectados ao anunciar que o pivô Nikola Jokic, astro do Denver Nuggets, também deu positivo para o coronavírus em exame realizado na semana passada na Sérvia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.