Divulgação/Local
Divulgação/Local

NBB: Brasília e Flamengo se preparam para 4.° jogo da final

Partida que pode dar título da competição aos cariocas acontece no próximo domingo no ginásio Nilson Nelson

16 de junho de 2009 | 14h23

Universo/Brasília e Flamengo fazem o quarto jogo da final do Novo Basquete Brasil (NBB) neste domingo, às 12 horas, no ginásio Nilson Nelson, em Brasília (DF). O rubro-negro lidera por 2 a 1 a série melhor de cinco e foca no preparo psicológico para garantir o título. Já a equipe brasiliense lembra sua capacidade de reação e vai trabalhar duro para adiar a decisão.

"Tenho uma semana para trabalhar e dá para fazer uma boa programação técnica", avaliou o técnico Lula Ferreira, ressaltando que a decisão permanece aberta. "O time mostrou que tem capacidade, apesar dos erros que cometeu. O mais normal em uma série deste tipo é a decisão ir para o quinto jogo."

Consciente da qualidade do adversário, o grupo rubro-negro também evita o discurso do já ganhou. "É muito cedo para falar sobre isso (título). Ainda temos o jogo lá (em Brasília)", observou o pivô Baby. Para o técnico Paulo Chupeta, o fundamental neste momento será preparar seus jogadores psicologicamente. "Faremos um trabalho motivacional e psicológico", disse.

Nesta fase decisiva, as duas equipes tiveram de pagar o preço pela inconstância no aproveitamento. Na abertura da final, o Flamengo soube aproveitar um mau momento brasiliense no terceiro quarto, recuperou-se de uma diferença de 14 pontos e venceu por 81 a 74.

A reação do Brasília veio no segundo jogo com uma defesa forte, que conseguiu segurar não apenas o cestinha da competição Marcelinho, mas toda a equipe. O ala, cuja média no torneio era de 26,9 pontos por jogo, fez apenas 16 no confronto e o time planaltino venceu por 81 a 71.

O rubro-negro recuperou a vantagem na partida seguinte, impondo um jogo de velocidade para garantir o placar de 99 a 78. A diferença de 21 pontos foi a maior nos confrontos diretos entre as equipes no NBB.

Tudo o que sabemos sobre:
BrasíliaFlamengoNBBbasquete

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.