Arquivo/AE
Arquivo/AE

NBB busca união das equipes e prevê competição melhor

Jogadores e dirigentes acreditam em evolução no segundo torneio e ressaltam o fortalecimento dos times

Rafael Vergueiro - estadao.com.br,

30 de outubro de 2009 | 13h47

Após uma boa competição na temporada 2008/09, o Novo Basquete Brasil (NBB) espera evoluir no campeonato que começa neste domingo e reunirá 14 times na briga pelo título mais importante do País. O Flamengo, vencedor do torneio anterior, parte como principal favorito.

 

No entanto, técnicos, dirigentes e jogadores acreditam que o NBB será mais equilibrado nesta temporada. "Poderemos ter até oito times na briga pelo título", afirma o treinador do Vivo/Franca, Hélio Rubens.

 

Para o presidente da Liga Nacional de Basquete (LNB), Kouros Monadjemi, o basquete brasileiro está cada vez mais unido e por isso só irá crescer nos próximos anos. "Hoje nós pensamos no coletivo, no desenvolvimento do esporte, e esta unidade não vai se desfazer. Há quatro anos isso aqui parecia uma guerra santa, mas felizmente tudo mudou", declarou.

 

Segundo ele, seria importante que fossem criadas associações de técnicos, jogadores e até árbitros. Monadjemi ainda ressaltou que nenhum ato de indisciplina será tolerado no NBB. "Temos que passar uma imagem de alegria, de balé. Não vamos tolerar violência, todos estão cientes de suas responsabilidades".

 

Os jogadores, prontos para o início da competição, são unânimes em dizer que o nível será mais elevado. "A expectativa é de que seja melhor ainda, as equipes estão mais bem estruturadas nesta temporada. Será um grande campeonato", destacou Josuel, do Pinheiros/Sky.

 

"Todos estão fazendo um esforço legal para reforçar a liga, temos os estrangeiros aqui (são 14 nesta temporada), as contratações dos times foram boas. É legal jogadores com passagem até pela NBA virem reforçar aqui o basquete", declarou Rafael 'Baby' Araújo, do Paulistano/Amil, atleta com passagem pelo basquete norte-americano.

 

O NBB começa no próximo domingo com a partida entre Pinheiros e Universo/Brasília, às 10 horas. No mesmo dia, todas as outras equipes entram em quadra pela primeira rodada da competição nacional.

Tudo o que sabemos sobre:
basqueteNBB:

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.