Reprodução / Instagram
Reprodução / Instagram

NBB começa no dia 10 de novembro com jogos no ginásio do Maracanãzinho

LNB definiu tabela do primeiro turno, com o torneio sendo disputado em etapas sediadas

Marcius Azevedo, O Estado de S.Paulo

07 de outubro de 2020 | 19h07

A Liga Nacional de Basquete definiu nesta quarta-feira o calendário do primeiro turno da próxima edição do Novo Basquete Brasil. O NBB começa no dia 10 de novembro e, conforme divulgado anteriormente pela LNB, a temporada será disputada  em etapas sediadas por causa da pandemia do novo coronavírus.

O jogo de abertura será entre Campo Mourão e Fortaleza Basquete Cearense, no Maracanãzinho. Na mesma data e local jogam Flamengo e Minas. Unifacisa, da Paraíba, e Pato Branco, do Paraná, também estão nesta sede no Rio para o início do NBB. 

Os outros locais escolhidos pela LNB até o final do primeiro turno, em 12 de janeiro, são os ginásios Hugo Ramos (Mogi das Cruzes), Antônio Prado Jr. (Paulistano), Henrique Villaboim (Pinheiros), Antônio Galvão (São Paulo), Wlamir Marques (Corinthians), além de Brasília.

Os horários ainda não foram definidos porque existe uma negociação em andamento para finalizar os acordos com parceiros de transmissão. 

"A tabela foi confeccionada em linha com a decisão do conselho de administração da LNB de utilizarmos o conceito de mini sedes para os jogos dessa primeira etapa da competição em virtude da pandemia", escreveu Paulo Bassul, diretor técnico operacional da LNB, em documento enviado aos clubes.

"O protocolo oficial que determinará todos os procedimentos a serem colocados em prática está em fase final de elaboração e seguirá normas e orientações fornecidas pelas autoridades de saúde, abordando todas as questões relacionadas à prevenção da covid-19 e preservando ao máximo a saúde de todos os envolvidos", acrescentou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.