Nem só de futebol viverá o esporte

Quando as meninas do basquete, com Paula e Hortência, ganharam a inédita medalha de ouro no Mundial da Austrália, em 1994, poucas pessoas, no País, acompanharam pela tevê. O fuso horário dificultou e o futebol roubou a cena. No mesmo período, o Brasil rumava para o tetracampeonato da Copa do Mundo dos Estados Unidos. Em 2002, tem Copa do Mundo. Mas o futebol não é o único esporte que, a cada quatro anos, reúne países de todos os continentes para a disputa do título de melhor do mundo. Será um ano agitado. O basquete e o vôlei também realizam os seus mundiais com a mesma periodicidade, coincidindo com o calendário do futebol. Mas, desta vez, as federações internacionais fugiram da coincidência das datas e programaram os seus campeonatos para a segunda metade do ano.Leia mais no Estadão

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.