Mark Leffingwell/Reuters
Mark Leffingwell/Reuters

Nenê comanda vitória do Denver Nuggets sobre o Cleveland Cavaliers

Pivô brasileiro foi o cestinha da partida, com 22 pontos e sete rebotes

AE, Agência Estado

16 de janeiro de 2011 | 08h53

O brasileiro Nenê Hilário comprovou neste sábado que vive mesmo grande fase na NBA. Com 22 pontos, ele foi o cestinha e maior responsável pela expressiva vitória do Denver Nuggets por 127 a 99 sobre o Cleveland Cavaliers, que, por sua vez, não contou com Anderson Varejão, contundido.

Nenê atuou por 19 minutos e se destacou nos arremessos de quadra: acertou seis de oito tentativas - ainda pegou sete rebotes e deu uma assistência. Suas performances deixam-no como um dos pivôs mais cotados para defender a seleção do Oeste no All-Star Game, em fevereiro, em Los Angeles. Ele seria o primeiro brasileiro a participar do jogo das estrelas da maior liga de basquete do mundo.

Os outros destaques do Nuggets, que alcançaram a 23ª vitória em 39 jogos,foram Chauncey Billups e Arron Afflalo, com 21 pontos, cada. O maior astro da equipe, Carmelo Anthony, que ainda tem seu nome envolvido numa suposta transferência para o New Jersey Nets, foi discreto: marcou apenas 12 pontos.

O Cleveland, por sua vez, segue em franca decadência e é disparado o pior time da NBA. Perdeu 32 de 40 jogos e continua prejudicado por desfalques. Varejão, apontado pelo técnico Mike Brown como melhor jogador do time na temporada, sofreu lesão no tornozelo direito na semana passada e está praticamente descartado do resto do campeonato.

O Brasil tem mais um jogador lesionado na liga: Leandrinho Barbosa, que ficará até duas semanas afastado devido a uma lesão muscular na perna direita sofrida na sexta. Neste sábado, o ala-armador só assistiu à derrota do seu Toronto Raptors frente ao Washington Wizards por 98 a 95.

Quem também não atuou neste sábado por lesão foi LeBron James. Sem sua maior estrela pela segunda partida seguida, o Miami Heat caiu por 99 a 96 diante do embalado Chicago Bulls. Derrick Rose, mais uma vez, foi o destaque da equipe líder da Divisão Central, com 34 pontos. Carlos Boozer também contribuiu com 12 pontos e 10 rebotes, mesmos números do sudanês Luol Deng.

Pelo Heat, a principal figura em quadra foi o armador Dwyane Wade, com 33 pontos, sendo 12 deles no último quarto. O ala-pivô Chris Bosh anotou 17 pontos, mas saiu de quadra com uma lesão no tornozelo.

Nem mesmo o retorno de Dirk Nowitzki após nove jogos ajudou o Dallas Mavericks a evitar a segunda derrota seguida, desta vez para o Memphis Grizzlies, por 89 a 70. O pivô alemão recuperou-se de uma torção no joelho direito, mas teve uma volta frustrante: marcou apenas sete pontos e foi expulso no terceiro período com duas faltas técnicas após discutir com os árbitros.

Quem roubou a cena foi o ala-pivô Zach Randolph, do Memphis, que conseguiu o sexto duplo-duplo consecutivo: anotou 23 pontos e pegou 20 rebotes. Seu reserva, Darrell Arthur, também se destacou com 17 pontos, um a mais que o ala Rudy Gay.

Resultados de 15 de janeiro:

Atlanta Hawks 106 x 112 Houston Rockets

Washington Wizards 98 x 95 Toronto Raptors

Charlotte Bobcats 81 x 88 New Orleans Hornets

Detroit Pistons 110 x 106 Sacramento Kings

Chicago Bull 99 x 96 Miami Heat

Minnesota Timberwolves 99 x 108 Orlando Magic

Memphis Grizzlies 89 x 70 Dallas Mavericks

Denver Nuggets 127 x 99 Cleveland Cavaliers

Portland Trail Blazers 96 x 89 New Jersey Nets

Jogos de 16 de janeiro:

Los Angeles Clippers x Los Angeles Lakers

San Antonio Spurs x Denver Nuggets

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.