Nenê é o herói do Denver Nuggets na vitória sobre o Portland

O ala Carmelo Anthony voltou a ser o cestinha do Denver Nuggets, mas o ala brasileiro Nenê foi decisivo na noite desta sexta-feira para a vitória sobre o Portland Trail Blazers, na prorrogação, por 114 a 107, quebrando uma seqüência de quatro derrotas.Anthony anotou 33 pontos, mas errou o último arremesso do tempo regulamentar. Para sorte do Nuggets, Nenê ganhou a disputa com a defesa do Trail Blazers e tocou a bola para empatar o jogo. Também foi dele a primeira cesta da prorrogação.Nenê marcou 20 pontos, a sua melhor pontuação na temporada desde que sofreu uma lesão no joelho, no ano passado. O ala brasileiro jogou 38 minutos para acertar oito de dez arremessos de quadra. Além disso, ele converteu quatro de seis lances livres.O Nuggets jogou sem o armador titular Allen Iverson, fora do time por causa de uma torção de tornozelo e uma gripe. O ala Zach Randolph foi o líder do ataque do Trail Blazers, com 25 pontos, nove rebotes e uma roubada de bola.LeBron James leva Cavaliers à vitóriaO ala LeBron James deixou para trás o baile que levou do amigo Dwyane Wade na noite de quinta, em Miami, e voltou a Cleveland para ajudar o Cavaliers a vencer por 101 a 81 o Charlotte Bobcats. James, ainda com problemas no pé direito, marcou 18 pontos.O ala brasileiro Anderson Varejão somou 12 pontos e empatou sua melhor marca da temporada em rebotes, com 13. Ele jogou dois minutos e acertou quatro de oito arremessos de quadra. O Cavaliers continua em segundo na Divisão Central, empatado com o Chicago Bulls.Outros resultados da rodada: Indiana Pacers 95 x 84 Los Angeles Lakers Philadelphia 76ers 101 x 102 Golden State Warriors Atlanta Hawks 91 x 103 Toronto Raptors Boston Celtics 89 x 100 Los Angeles Clippers New Orleans Hornets 90 x 83 Minnesota Timberwolves Detroit Pistons 96 x 86 Milwaukee Bucks Orlando Magic 119 x 86 New Jersey Nets Seattle Supersonics 101 x 107 Chicago Bulls

Agencia Estado,

03 de fevereiro de 2007 | 08h46

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.