Vaughn Ridley/AFP
Vaughn Ridley/AFP

Nets e Magic surpreendem e abrem playoffs da NBA com vitória

Consideradas inferiores, equipes superam Philadelphia 76ers e Toronto Raptors, respectivamente

Redação, Estadão Conteúdo

13 de abril de 2019 | 21h02

Em resultados considerados surpreendentes, Brooklyn Nets e Orlando Magic ignoraram o fator casa e a melhor campanha dos seus oponentes na temporada regular, abrindo os playoffs da NBA com vitória neste sábado.

O time nova-iorquino, sexto colocado da Conferência Leste, se impôs diante do Philadelphia 76ers, que avançou em terceiro, e o derrotou por 111 a 102, fora de casa, numa partida em que chegou a ter vantagem de 17 pontos. O segundo confronto da série está marcado para segunda-feira, novamente na Filadélfia.

D'Angelo Russell brilhou com 26 pontos, sendo 19 no segundo tempo, e Caris LeVert fez 23 saindo do banco de reservas pelos Nets, que, assim, calaram os 20.437 torcedores presentes ao Wells Fargo Center, empolgados pela perspectiva de bom desempenho nos playoffs após os 76ers acumularem 51 triunfos na temporada regular.

Jimmy Butler liderou o time da Filadélfia com 36 pontos, enquanto Joel Embiid, com dores no joelho esquerdo, ficou por 24 minutos em quadra, com 22 pontos e 15 rebotes. Mas foi insuficiente para impedir o revés, ainda mais que Ben Simmons teve noite para esquecer com apenas nove pontos. Os arremessos de três fizeram a diferença no duelo, com os Nets acertando 11 de 26 tentativas de longe, enquanto os 76ers converteram apenas 3 de 25.

No Canadá, o Magic, sétimo colocado do Leste, ignorou o favoritismo do Toronto Raptors, o segundo melhor da conferência, e o venceu por 104 a 101. D.J. Augustin roubou a cena para o time de Orlando ao ser o cestinha da partida com 25 pontos, além de ter dado seis assistências. E ainda converteu uma tentativa de três a quatro segundos do fim para garantir a vitória da equipe da Flórida.

O desempenho no segundo quarto fez toda a diferença para o Magic, pois o time triunfou no período por 32 a 19, indo ao intervalo liderando o placar por 57 a 49. Ainda assim, como o Raptors reagiu no terceiro quarto, a definição do duelo se deu mesmo apenas nos últimos segundos.

Aaron Gordon se destacou no garrafão pelo Magic ao capturar dez rebotes, além de ter anotado dez pontos. Kahwi Leonard fez 25 pontos pelos Raptors, um a mais do que Pascal Siakam, que ainda conseguiu nove rebotes. E Kyle Lowry deu oito assistências, mas fez só sete pontos. Novamente em Toronto, os times voltarão a duelar na terça-feira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.