Jim Mclsaac/AFP
Jim Mclsaac/AFP

Nets iguala série com Hawks; Bucks e Blazers sobrevivem nos playoffs

Vitória dos Nets nesta segunda foi decidida apenas na prorrogação

Estadão Conteúdo

28 de abril de 2015 | 08h52

O confronto entre a melhor equipe da Conferência Leste na temporada regular da NBA e apenas a oitava colocada está empatado. Na noite de segunda-feira, o Brooklyn Nets igualou em 2 a 2 a série com o Atlanta Hawks ao derrotá-lo por 120 a 115, em Nova York, em confronto definido apenas na prorrogação.

Batido nos dois primeiros jogos pelo Hawks, o melhor time do Leste, o Nets venceu o seu segundo jogo consecutivo e agora já sonha em avançar diante do oponente, feito raro nos playoffs da NBA - o oitavo colocado só eliminou cinco vezes o primeiro, sendo apenas três desde que a primeira rodada da pós-temporada passou a ser disputada em sete jogos.

Deron Williams brilhou pelo Nets ao anotar 35 pontos, sendo 16 somente no quarto período. Brook López também se destacou, com 26 pontos e dez rebotes. Jeff Teague acumulou 20 pontos e 11 assistências pelo Hawks, DeMarre Carroll somou 20 pontos e nove rebotes, enquanto Kyle Korver fez 16 pontos e obteve 11 rebotes, mas errou três arremessos de três pontos nos momentos de definição do duelo.

Também pelo time de Atlanta, Paul Millsap somou 16 pontos e 12 rebotes. Este foi o primeiro confronto da série em que as equipes anotaram mais de 100 pontos cada. O quinto duelo será disputado nesta quarta-feira, em Atlanta.

OUTROS JOGOS

O Milwaukee Bucks voltou a evitar a sua eliminação nos playoffs da NBA ao derrotar o Chicago Bulls por 94 a 88, fora de casa, forçando a realização de um sexto jogo. O Bulls ainda lidera a série por 3 a 2, mas perdeu os dois últimos duelos e o próximo será em Milwaukee, na próxima quinta-feira.

Michael Carter-Williams liderou o Bucks com 22 pontos e oito assistências, enquanto Khris Middleton anotou 21. Já John Henson acumulou 14 rebotes e oito pontos. Pau Gasol brilhou pelo Bulls com 25 pontos e dez rebotes, e Joakim Noah somou 13 rebotes, dez pontos e seis assistências. Porém, eles não foram acompanhados pelos seus companheiros.

Derrick Rose torceu o tornozelo direito durante o terceiro período, voltou a jogar, só que anotou apenas 13 pontos, tendo êxito em apenas 5 de 20 arremessos de quadra, além de ter errado sete tentativas de três. Jimmy Butler até fez 20 pontos, mas acertando somente 5 de 21 arremessos de quadra.

Já o Portland Trail Blazers se manteve vivo nos playoffs da NBA ao derrotar o Memphis Grizzlies por 99 a 92, em casa, evitando ser "varrido". Agora o Grizzlies lidera a série por 3 a 1 e terá nova chance de fechar a série nesta quarta-feira, mas como mandante. A equipe que avançar terá pela frente o Golden State Warriors.

Damian Lillard marcou 32 pontos pelo Blazers, que chegou a ter uma desvantagem de dez pontos no último quarto. Já LaMarcus Aldridge somou 18 pontos e 12 rebotes e Nicolas Batum terminou o duelo com 13 rebotes e 12 pontos. O Grizzlies não contou com Mike Conley, que passou por cirurgia na face após ser atingido por uma cotovelada acidental no terceiro jogo da série. Marc Gasol foi o destaque da equipe de Memphis no duelo ao marcar 21 pontos.

Os playoffs da NBA prosseguem nesta terça-feira com duas partidas: Houston Rockets x Dallas Mavericks e Los Angeles Clippers x San Antonio Spurs. O Rockets lidera a sua série por 3 a 1, enquanto o confronto entre Clippers e Spurs está empatado em 2 a 2.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.