Jeff Toping / Reuters
Jeff Toping / Reuters

Nowitzki renova contrato e jogará 20ª temporada pelo Mavericks na NBA

Top 10 entre os maiores cestinhas da história da liga, alemão será o sexto jogador a alcançar marca

Estadao Conteudo

07 de julho de 2017 | 09h58

O Dallas Mavericks anunciou que fechou um acordo para renovar o contrato de Dirk Nowitzki, em um acordo que fará o ala/pivô alemão se juntar a Kobe Bryant na relação de únicos jogadores que atuaram por 20 temporadas em uma mesma franquia da NBA.

O Mavericks não revelou os detalhes do acordo, mas as informações da imprensa norte-americana são de que Nowitzki assinou um novo acordo por dois anos, em um contrato de US$ 10 milhões (R$ 33 milhões), com a opção da equipe de liberá-lo na segunda temporada.

O acordo é similar ao que o Mavericks e Nowitzki selaram no ano passado, embora por muito menos dinheiro. O contrato anterior era por dois anos e US$ 50 milhões (R$ 165 milhões), também com a opção para que a equipe o liberasse. Agora, então, eles fecharam um novo acordo.

Aos 39 anos, Nowitzki já não é um jogador tão importante para o Mavericks, que agora conta com uma equipe mais jovem. No último campeonato, por exemplo, o alemão teve uma média de 14,2 pontos por jogo, marca inferior aos 19,2 pontos de Harrison Barnes.

Bryant se aposentou após a temporada 2015/2016, a sua 20ª pelo Los Angeles Lakers. Ele foi o quinto jogador a passar pelo menos 20 anos na NBA. Nowitzki não descarta a possibilidade de jogar após a próxima temporada, como indicou em declarações no evento de premiação da NBA.

Independentemente de por quanto mais tempo ele vai jogar, o legado de Nowitzki está assegurado, afinal, ele conduziu o Mavericks ao seu único título, em 2011, sendo o MVP das finais. Além disso, o alemão é o único estrangeiro com mais de 30 mil pontos na NBA, marca alcançada na última temporada, sendo o sexto maior cestinha da história da liga.

Agora, de contrato renovado, Nowitzki quer voltar a jogar os playoffs antes de sair, após ver o Mavericks ficar fora da pós-temporada apenas pela segunda vez nos últimos 17 anos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.