Peter Foley/EFE
Peter Foley/EFE

Número 1 do Draft da NBA irá treinar com a seleção dos EUA

Blake Griffin, do Los Angeles Clippers, estará com o grupo de 22 a 25 de julho e pode ir ao Mundial de 2010

EFE,

26 de junho de 2009 | 20h52

Horas depois de ser escolhido como número um no Draft (sorteio universitário) da NBA pelo Los Angeles Clippers, o ala Blake Griffin foi confirmado entre os 25 jogadores convidados para um período de treinos com a seleção.

Veja também:

linkBlake Griffin é o primeiro escolhido no draft da NBA

Além de Griffin estarão o pivô Greg Oden, do Portland Trail Blazers, e o armador Derrick Rose, do Chicago Bulls, primeiros colocados do Draft em 2007 e 2008, respectivamente.

Os jogadores treinarão de 22 a 25 de julho. Dessa lista sairá o grupo que fará parte do Mundial de 2010, na Turquia, e dos Jogos Olímpicos de 2012, em Londres.

A surpresa ficou por conta da convocação de três jogadores do Oklahoma City Thunder, que disputará sua segunda temporada na liga norte-americana de basquete: o ala Kevin Durant, o ala-armador Russell Westbrook e o ala Jeff Green.

A lista conta ainda com Brandon Roy, LaMarcus Aldridge e Jerryd Bayless, também do Trail Blazers; O.J.Mayo e Rudy Gay (Memphis Grizzlies); Devin Harris e Brook Lopez (New Jersey Nets); Ronnie Brewer, Paul Millsap e Kyle Korver (Utah Jazz); Andre Iguodala e Thaddeus Young (Philadelphia Sixers); Trevor Ariza (Los Angeles Lakers); David Lee (New York Knicks); Kevin Love (Minnesota Timberwolves); Josh Smith (Atlanta Hawks); D.J.Augustin (Charlotte Bobcats); Danny Granger (Indiana Pacers); e Glen Davis (Boston Celtics).

A presença de Ariza na relação também surpreende, já que havia a expectativa de o jogador defender a República Dominicana, seu país de descendência, mas ele acabou convocado.

Alguns destes jogadores já trabalharam nos treinamentos com as seleções de 2007 e de 2008 - esta última vencedora da medalha de ouro nos Jogos Olímpicos de Pequim.

Também é aguardada a confirmação da permanência de Mike Kryzewski como técnico da seleção.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.