Danny Moloshok/Reuters
Danny Moloshok/Reuters

Odom ficará no LA Lakers por mais 4 temporadas

Os atuais campeões da NBA ofereceram ao jogador um contrato no valor de US$ 33 milhões

EFE

31 de julho de 2009 | 11h02

A novela da permanência do ala-pivô Lamar Odom nos Los Angeles Lakers parece ter chegado ao último capítulo com um final feliz para as duas partes, já que tudo continua igual, pelo menos pelas próximas quatro temporadas.

De acordo com a rede de televisão ESPN e seu site, Odom decidiu seguir com os atuais campeões da NBA, que ofereceram ao jogador um contrato por quatro temporadas no valor de US$ 33 milhões (R$ 62 milhões).

Os três primeiros anos são garantidos e Odom pode ganhar até US$ 25 milhões (R$ 46,9 milhões), que pode se tornar US$ 27 milhões (R$ 50,7 milhões) se o Lakers não quiser garantir a opção de contratação para a quarta temporada.

A quantia é a mesma que foi oferecida inicialmente ao ala-pivô pelo dono do Lakers, Jerry Buss, antes de ter retirado a oferta quando Odom não quis aceitá-la de cara. Na época, o jogador chegou a negociar com equipes como o Miami Heat, que inclusive fez uma proposta com salários mais altos, e o Portland Trail Blazers.

O agente de Odom, Jeff Schwartz, não quis dar informações específicas, mas confirmou que o jogador e o Lakers já têm um acordo.

Como é habitual neste tipo de negociação, o Lakers não dão nenhum tipo de informação e o gerente geral da equipe, Mitch Kupchak, se negou a falar sobre o assunto.

Aos 29 anos, Odom mostrou de novo a grande versatilidade de seu jogo para conseguir médias de 11,3 pontos e 8,2 rebotes durante a temporada regular, que aumentou para 12,3 pontos e 9,1 rebotes por partida nos playoffs, mesmo depois de uma lesão de costas.

Tudo o que sabemos sobre:
NBALos Angeles Lakers

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.