Matt Campbell/EFE
Matt Campbell/EFE

Orlando bate Boston e decide a Conferência Leste

Time da Flórida vai enfrentar o Cleveland Cavaliers; primeiro jogo acontece nesta quarta-feira, às 21h30

AE, Agencia Estado

18 de maio de 2009 | 09h13

O Orlando Magic conseguiu uma façanha inesperada no começo dos playoffs da NBA, e se classificou para a final da Conferência Leste, ao derrotar o Boston Celtics por 101 a 82, fora de casa, e fechar a série em 4 a 3. O time da Flórida agora vai enfrentar o Cleveland Cavaliers, que fez 4 a 0 no Atlanta Hawks. O duelo começa na quarta-feira, às 21h30 (de Brasília).

Veja também:

linkLakers batem Houston e estão na final da Conferência Oeste

No jogo deste domingo, o Orlando tomou a dianteira já no primeiro quarto, fechando o período com 27 a 17, mas o Boston reagiu e reequilibrou a partida, chegando a diminuir a vantagem para quatro pontos no começo do terceiro quarto. No último período, porém, o time visitante não tomou conhecimento nos atuais campeões da NBA e abriu vantagem, definindo sem sustos a vitória.

O técnico Stan van Gundy se deu ao luxo de deixar o melhor jogador do time, o pivô Dwight Howard, descansando por um bom período no último quarto - ele terminou o jogo com 12 pontos e 16 rebotes. O cestinha do Orlando foi o ala turco Hedo Turkoglu, com 25 pontos e 12 assistências. O ala Rashard Lewis conseguiu 19 pontos, e o armador Mickael Petrus saiu do banco para colaborar com 17 pontos.

O Boston, que se ressentiu da ausência do ala Kevin Garnett, contundido desde a reta final da temporada regular, teve o armador Ray Allen como cestinha neste domingo, com 23 pontos. Paul Pierce marcou 16, e Glen Davis fez 13 pontos, enquanto Rajon Rondo saiu com 10 pontos e 10 assistências, e o pivô Kendrick Perkins, com oito pontos e 15 rebotes.

As finais de Conferência começam nesta terça-feira, no Oeste, com o jogo entre Los Angeles Lakers e Denver Nuggets, na Califórnia, a partir das 22 horas (de Brasília).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.