Aaron Josefczyk/Reuters
Aaron Josefczyk/Reuters

Orlando surpreende Cleveland e sai na frente na NBA

Nem os 49 pontos do ala LeBron James foram capazes de superar a boa atuação do time da Flórida

AE, Agencia Estado

21 de maio de 2009 | 07h57

Depois de eliminar o campeão Boston Celtics na rodada anterior dos playoffs da NBA, o Orlando Magic voltou a surpreender. Mesmo jogando fora de casa, na noite de quarta-feira, o time derrotou o favorito Cleveland Cavaliers, por 107 a 106, e abriu 1 a 0 na série melhor-de-sete jogos da final da Conferência Leste.

Dono da melhor campanha da temporada regular da liga norte-americana de basquete, o Cavaliers ainda estava invicto nos playoffs, depois de fazer 4 a 0 no Detroit Pistons e no Atlanta Hawks. Mas o Orlando Magic mostrou sua força e derrotou o time de Cleveland, que só tinha perdido dois dos 45 jogos que fez em casa.

"Ninguém falou que ia ser fácil", admitiu o ala Delonte West, ao prometer que o Cleveland Cavaliers vai reagir na série. "Foi uma grande vitória. Nós brigamos durante o jogo inteiro, sempre acreditando na vitória", comemorou o pivô Dwight Howard, o principal jogador do Orlando Magic.

E o Magic ganhou mesmo diante de mais uma performance fantástica de LeBron James. Eleito o melhor jogador da temporada, ele conseguiu 49 pontos, além de seis rebotes e oito assistências, mas não foi capaz de evitar a derrota do time de Cleveland - o brasileiro Anderson Varejão também foi bem, com 14 pontos e seis rebotes.

No lado do time de Orlando, Dwight Howard foi novamente o destaque. Para começar, ao enterrar uma bola logo nos primeiros minutos, ele quebrou parte da tabela, o que provocou paralisação do jogo por oito minutos. Depois, somou um total de 30 pontos e 13 rebotes, liderando a reação do Magic nos dois últimos quartos.

Mas Dwight Howard não esteve sozinho: Rashard Lewis foi outro gigante na vitória do Orlando Magic. Ele terminou com 22 pontos, sendo que fez os cinco últimos da sua equipe, inclusive a cesta de três, faltando 14,7 segundos para o final, que determinou o resultado da partida em Cleveland.

Agora, o Cavaliers busca reação já nesta sexta-feira, quando acontece o segundo jogo da série contra o Magic, novamente em Cleveland. Enquanto isso, na noite desta quinta, o Los Angeles Lakers recebe o Denver Nuggets e tenta abrir 2 a 0 no confronto válido pela final da Conferência Oeste da NBA.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.