Os garotos gigantes do basquete

Espaço para revelar novos talentos, jogadores altos e jovens? Ou simplesmente um torneio que reúne equipes baratas? Qual é a vocação do Campeonato Paulista Masculino de Basquete? Times sem estrelas, formados por garotos altos, em busca de um espaço na elite do esporte. As 16 equipes do Paulista, que disputam o turno e returno até dezembro e os playoffs finais em janeiro de 2003, reúnem 106 jogadores com 2,00 metros ou mais. Entre esses grandalhões, 50 têm até 20 anos; 30 têm até 25 anos. Dos atletas da seleção brasileira que disputou o Mundial de Indianápolis, só Alex (COC/Ribeirão Preto), Leandrinho (Bauru) e Helinho (Franca) estão no Paulista.Leia mais no Estadão

Agencia Estado,

20 de outubro de 2002 | 11h02

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.