Oscar recua e adia final de carreira

O cestinha Oscar anunciou nesta quinta-feira no Rio de Janeiro que adiou por tempo indeterminado o projeto de abandonar a carreira. Várias razões, segundo ele, contribuíram para a decisão, mas a principal delas teria sido a opinião de sua mulher, Cristina, que o teria convencido a continuar. Oscar confirmou que vai jogar pelo Flamengo no campeonato Estadual do Rio - previsto para o período de setembro e dezembro - e só depois disso vai tomar uma decisão a respeito. O ala disse que não pretende mais marcar data para a aposentadoria. Segundo ele, isso pode ocorrer ?a qualquer momento?. Aos 44 anos, Oscar contou que já estava se preparando para deixar as quadras e revelou ter metas ambiciosas. Disse que já ocupa um cargo de dirigente no Flamengo, ao trabalhar no desenvolvimento de um projeto para o esporte amador do clube. Afirmou ainda que, assim que parar de vez, vai começar a trabalhar para assumir a presidência da Confederação Brasileira de Basquete (CBB). O jogador pretende chamar a ex-jogadora Hortência para trabalhar com ele na entidade. Oscar decidiu adiar a aposentadoria depois dos incidentes registrados na partida da última terça-feira, em Ribeirão Preto, no terceiro confronto com o COC/Ribeirão, pelo playoff do Campeonato Brasileiro de Basquete. O jogo, que deveria marcar a despedida do craque, terminou em confusão. Oscar foi expulso e os jogadores do Flamengo abandonaram a quadra, inconformados com supostos erros do juiz. O jogador disse que sua vida sempre foi o basquete, e que, por causa disso, não poderia deixar uma imagem ruim. ?Não vou admitir encerrar minha carreira porque um juiz entrou desequilibrado em uma partida?, disse, ele referindo-se ao árbitro Francisco Ferreira Lima. ?Todos os campeonatos de ponta no mundo inteiro, os juízes são profissionais. Só aqui não?, reclamou.A partida, disputada no Ginásio da Cava do Bosque, em Ribeirão Preto, foi suspensa quando faltavam 3min50 e o Flamengo perdia por 84 a 78. Reclamando muito dos critérios da arbitragem, o time carioca abandonou a quadra. Na súmula, o placar foi de 20 a 0 para o Ribeirão. Com isso, o time paulista se classificou para a semifinal do Campeonato Brasileiro após fechar o playoff em 3 a 0.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.