Oscar Schmidt é internado com arritmia cardíaca em São Paulo

''Mão Santa'' temia que descompasso estivesse relacionado com o câncer que ele trata desde 2011

Flavia Alemi, O Estado de S. Paulo

20 de fevereiro de 2014 | 18h18

Atualizado às 22:09

SÃO PAULO - O ex-craque do basquete brasileiro Oscar Schmidt deu entrada no Hospital Sírio Libanês na noite de terça-feira com uma arritmia cardíaca. Em tratamento de um tumor no cérebro desde abril do ano passado, o ''Mão Santa'' temia que o descompasso tivesse alguma relação com a doença, mas a hipótese foi descartada pelos médicos. Oscar continua internado em observação e aguarda resultado de exames que explicarão a origem da arritmia. Maria Cristina Victorino Schmidt, esposa de Oscar, assegurou que ele "está bem".

De acordo com a assessoria de imprensa de Oscar, o descompasso pode ter sido causado por uma gripe mal curada ou até por algum desconforto emocional. Ainda não há previsão de alta. Oscar Schmidt luta contra um câncer no cérebro desde 2011, quando a enfermidade foi diagnosticada pela primeira vez. Após realizar tratamento, a doença voltou em abril do ano passado. Ele foi submetido a uma cirurgia e sessões de quimioterapia durante dois meses e, atualmente, realiza um monitoramento periódico.

Recordista mundial de pontos marcados, com 49.703, Oscar Schmidt é considerado um dos maiores jogadores de basquete de todos os tempos e se orgulha de ter sido campeão dos Jogos Pan-Americanos em 1987 em final contra os Estados Unidos. Em setembro do ano passado, ele passou a figurar no Hall da Fama do basquete.

Tudo o que sabemos sobre:
Oscar Schmidtbasquete

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.