Oscar Schmidt recebe a Ordem de Rio Branco

Condecoração é dada ao ex-jogador de basquete pelo presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva

Redação,

29 de abril de 2008 | 16h49

O ex-jogador de basquete Oscar Schmidt recebeu, nesta terça-feira, a Ordem de Rio Branco de grau de Oficial, em ato solene chefiado pelo presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva. "Fiquei muito emocionado com essa condecoração, é uma das homenagens mais importantes que já recebi na minha vida. Tenho orgulho de ser brasileiro, sempre dei minha vida em quadra pelo Brasil e o carinho do povo foi a melhor recompensa. Agradeço muito por ter recebido a Ordem de Rio Branco. É um momento especial na minha vida, ainda mais por ter sido entregue pelo Presidente do meu país", afirmou Oscar.O "Mão Santa", como é conhecido Oscar, começou sua carreira na seleção brasileira em 1977, disputando 326 partidas oficiais, com 7.693 pontos. O ápice de sua passagem na seleção foi a conquista de ouro nos Jogos Pan-americanos de Indianapolis, em 1987, assim como o terceiro lugar no Mundial de basquete de 1978, disputado nas Filipinas.A Ordem de Rio Branco foi instituída em de 5 de fevereiro de 1963 pelo então presidente João Goulart. A condecoração visa homenagear, por qualquer motivo ou benemerência, qualquer pessoa que tenha se tornado merecedor do reconhecimento do Governo Brasileiro, servindo para estimular a prática de ações e feitos dignos de honrosa menção, bem como para distinguir serviços meritórios e virtudes cívicas. Pode ser conferida a pessoas físicas ou jurídicas, nacionais ou estrangeiras.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.