Ourinhos ganha e adia decisão do Nacional Feminino de Basquete

Com a vitória sobre Cantaduva por 79 a 68 na noite deste sábado e série final fica empatada em 2 a 2

estadao.com.br

02 de março de 2008 | 11h16

Jogando fora de casa, diante de 4.618 pessoas, o Colchões Castor/FIO/Unimed/Ourinhos (SP) ganhou do Açúcar Cometa/Unimed/Catanduva (SP) por 79 a 68 na noite deste sábado e adiou a decisão do Nacional de Basquete Feminino para esta segunda-feira, no ginásio Monstrinho, em Ourinhos (19h30 de Brasília). O SPORTV2 transmite ao vivo. Com o resultado, o confronto ficou empatado em 2 a 2.   O técnico Edson Ferreto, do Catanduva, lamentou a ausência de Karla, que se machucou durante a partida anterior, na sexta. "Não correspondemos como nas partidas anteriores. Jogar sem a Karla também fez bastante diferença. Além disso, a qualidade individual das jogadoras de Ourinhos se supera a cada jogo. A nossa defesa errou muito e não aproveitamos as jogadas de velocidade", completou.   Já Paulo Bassul, técnico do Ourinhos, ressaltou o espírito de luta de sua equipe. "O time teve atitude e não se entregou. Dominamos a maior parte do jogo, só pecamos nos últimos três minutos do primeiro tempo", comentou. "Catanduva teve méritos para ganhar da gente nas partidas anteriores, assim como tivemos o nosso no jogo de hoje [sábado]. Esse playoff é digno do basquete feminino brasileiro. Foram quatro jogos de alto nível e todos com ginásio lotado, tanto em Ourinhos como em Catanduva", finalizou o treinador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.