Ourinhos tenta surpreender o Vasco

O Unimed/Ourinhos, atual campeão paulista, e o Paraná, campeão brasileiro de 2000, entram em quadra nesta segunda-feira em busca de mais uma vitória na fase semifinal melhor-de-cinco partidas do Nacional Feminino de Basquete. O Ourinhos surpreendeu o Vasco, na noite de sábado, ao marcar 71 a 65 (31 a 35) e o Paraná derrotou o Santo André por 93 a 77 (47 a 44). Ourinhos e Vasco enfrentam-se às 18 horas, no ginásio do Tijuca, e às 20 horas (com SporTV), o Paraná recebe o Santo André, no ginásio Ney Braga. A série prossegue terça-feira, às 20 horas, nos mesmos locais."A vitória nos serviu de estímulo mas o favoritismo continua sendo do Vasco", declarou a pivô Lígia, do Ourinhos. Entre os quatro times classificados para esta fase, o Ourinhos teve pior campanha. "O maior prêmio já está conquistado, que foi classificar entre os quatro primeiros colocados", observa o técnico Edson Ferreto. "Tenho consciência das limitações do meu time e sei que praticamente três equipes lutarão pelo título."As vascaínas, que fizeram a melhor campanha da primeira fase, prometem reabilitação no segundo confronto. Janeth, que marcou 32 pontos no primeiro jogo, pediu mais disposição para suas companheiras. "Não podemos tirar os méritos da equipe delas, mas, na realidade, não estivemos bem."Para a técnica Laís Elena Aranha, o santo André precisa melhorar a performance na defesa. "Deixamos o Paraná jogar livre."Sábado (21) à noite, no Ginásio Pedro Dell?Antônia, em Santo André, o time não conseguiu segurar o Paraná, e perdeu por 77 a 93. O jogo desta segunda-feira terá transmissão ao vivo pelo SporTV, canal Globosat. Para Laís Elena, o fato de jogar na casa do adversário não dá favoritismo ao Paraná. "Lá, o fator quadra não influenciará em nada. Teremos um jogo de iguais", analisou a treinadora. O técnico do Paraná, Antonio Carlos Vendramini, concorda com Laís. "Será um jogo de forças iguais. Não é só porque conseguimos uma diferença grande no placar e um bom resultado em Santo André, que iremos ganhar em casa. Lá, quem bobear perde", resumiu Vendramini. A escalação do time de Santo André ainda não foi definida. A treinadora espera as avaliações dos próximos treinos para escolher a sua equipe.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.