Ourinhos vence equatorianas e conquista Sul-Americano

O Ourinhos conquistou neste sábado o título do Campeonato Sul-Americano de clubes feminino, disputado em Quito, no Equador. Na final contra o UTE, equipe anfitriã da competição, o time brasileiro venceu com facilidade, por 102 a 77. Atual campeão paulista e pentacampeão nacional, o Ourinhos precisou superar na decisão os cerca de 8,3 mil torcedores que compareceram ao ginásio para torcer pelo UTE.

AE, Agencia Estado

18 de julho de 2009 | 23h06

Depois de eliminar o Central Entrerriano, da Argentina, nas semifinais, a equipe do interior paulista começou a final deste sábado com tudo, abrindo 30 a 18 ainda no primeiro quarto. No intervalo, a diferença já era de 28 pontos para as brasileiras. O UTE só conseguiu diminuir o prejuízo no último quarto, quando ainda reduziu a vantagem do Ourinhos em 10 pontos.

A cestinha do jogo foi a ala/armadora Karen, que anotou 25 pontos na final e ainda foi eleita a melhor jogadora do Sul-Americano. Ainda pelo Ourinhos, a ala Chuca contribuiu com mais 19 pontos. Pelo time equatoriano, as jogadores brasileiras se destacaram. A ala Silvinha Luz marcou 22 pontos e a pivô Kelly Santos fez mais 20.

Na decisão pelo terceiro lugar, o colombiano Universidad de Medellín derrotou o Central Entrerriano por 76 a 63. Já o Regatas Lima, do Peru, terminou o Sul-Americano em quinto, enquanto o Santiago, do Chile, ficou na sexta posição. O Univalle, da Bolívia, e o Malvín, do Uruguai, foram os outros dois times que participaram da competição em Quito.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.