Divulgação
Divulgação

Paulistano enfrenta o São José e busca a classificação à final do NBB

Equipe do técnico Gustavo de Conti lidera semifinal por 2 a 1; time vencedor da série disputará o título com o Flamengo

O Estado de S. Paulo

20 de maio de 2014 | 11h00

SÃO JOSÉ DOS CAMPOS - O Paulistano pode garantir nesta terça-feira a oportunidade de disputar o título do NBB pela primeira vez. A equipe da capital lidera a série contra São José por 2 a 1, e volta a enfrentar o time do Vale do Paraíba, na casa do adversário, às 21 horas. O vencedor do confronto enfrenta na final o Flamengo, que eliminou o Mogi na semifinal.

 

Nos dois primeiros jogos da série, disputados em São Paulo, cada time venceu uma partida. No terceiro duelo, já em São José, o Paulistano conseguiu uma importante virada no último quarto e ganhou por 80 a 74.

 

"Esse jogo é decisivo para nós. Precisamos fazer mais do que fizemos no último jogo", avaliou o técnico do Paulistano, Gustavo de Conti. "O São José tem uma equipe de muita quliadade e precisamos ter atenção durante os 40 minutos. Precisamos fazer ainda melhor do que no jogo 3."

 

Ao contrário do Paulistano, que tem seu elenco completo à disposição, o São José tem sofrido com os desfalques. Na última partida, o técnico Luiz Augusto Zanon não pode contar com o armador Manny Quezada nem com o ala Alex Oliveira, que se machucaram no jogo 2. O pivô Caio Torres, caçado em quadra, não estava em totais condições físicas, mas jogou mesmo assim.

 

"Vamos tentar remendar o time e ver se teremos dez jogadores para a próxima partida. Mas isso faz parte, precisamos passar por isso. Em playoff uma equipe tem que vencer três jogos, faltam dois para nós e um para o Paulistano. Ainda não tem nada decidido", disse Zanon.

 

O Paulistano fez a segunda melhor campanha da fase de classificação e, para chegar à semifinal, derrotou Franca em uma disputadíssima série (3 a 2). São José, sexto melhor time da etapa regular, superou Palmeiras (3 a 2) e Brasília (3 a 0).

Tudo o que sabemos sobre:
basqueteNBB

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.