Marcius Azevedo
Marcius Azevedo

Petrovic explica volta de Marquinhos à seleção: 'Resolvemos os problemas'

Ala foi uma das maiores surpresas da lista divulgada pelo treinador para os jogos contra República Dominicana e Canadá

O Estado de S.Paulo

22 de novembro de 2018 | 17h33

O ala Marquinhos foi uma das surpresas da convocação da seleção brasileira masculina de basquete para os confrontos diante de República Dominicana e Canadá pelas Eliminatórias do Mundial de 2019. De fora da equipe desde o fim de 2017, o jogador do Flamengo voltou a ser lembrado pelo técnico Aleksandar Petrovic.

Marquinhos havia sido convocado por Petrovic para a primeira janela das Eliminatórias, mas recusou o chamado por questões pessoais, o que irritou o treinador. Nesta quarta, porém, o croata explicou: "Marquinhos está de volta, resolvemos todos os problemas do passado".

Outra grande novidade na lista foi a presença do pivô Lucas Bebê, que não era convocado desde 2010. Depois de quatro anos na NBA, onde sofreu com a falta de oportunidades no Toronto Raptors, o jogador vive bom início de trajetória com o Fuenlabrada, da Espanha.

"Dos pivôs, a principal surpresa é o Lucas, que voltou às quadras com o Fuenlabrada e jogou partidas corretas contra o Real Madrid e o Barcelona, oponentes muito fortes. Penso que merece a oportunidade de estar na seleção", considerou Petrovic.

Se promoveu novidades na ala e na posição de pivô, entre os armadores houve uma revolução, mas por necessidade. Ricardo Fischer, Yago e Marcelinho Huertas, que vinham atuando na posição, estão fora da lista. Melhor para Scott Machado, Rafael Luz e Arthur Pecos, que ganham a chance.

"A diferença maior é que mudamos os três armadores, por razões diferentes. Ricardo Fischer e Yago estão lesionados, por isso não estão na convocação, e o Marcelinho tem problema com seu clube. Temos Scott Machado, que está jogando na G-League, o Rafa Luz, que reencontrou seu rumo depois da lesão, e Arthur Pecos", apontou.

A seleção brasileira recebe República Dominicana, no próximo dia 30, e Canadá, em 3 de dezembro, pela quinta janela das Eliminatórias do Mundial de 2019, que será disputado na China. As partidas acontecerão no Ginásio Wlamir Marques, em São Paulo, e podem garantir o País na competição do ano que vem.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.