Pinheiros e Joinville vencem nos playoffs do NBB

Pinheiros e Joinville vencem nos playoffs do NBB

Equipes abrem vantagem na fase final da segunda edição da principal liga de basquete do Brasil

AE, Agência Estado

09 de abril de 2010 | 22h55

O Pinheiros/Sky fez a lição de casa e saiu na frente no primeiro jogo da série melhor-de-cinco com o Paulistano/Amil, nesta sexta-feira, ao fazer 101 a 93, diante de sua torcida, em São Paulo, pelos playoffs de oitavas de final do Novo Basquete Brasil (NBB).

O segundo jogo do confronto será disputado próxima segunda-feira, às 20 horas, no ginásio Henrique Vilaboim. No dia seguinte, as duas equipes voltam à quadra para fazer o terceiro duelo a partir das 16 horas.

Shamell comandou o Pinheiros e foi o cestinha da partida, com 31 pontos. O armador Brewer também se destacou, com um double double: 11 pontos e 10 assistências. O pivô Morro contribuiu com 22 pontos e 10 rebotes.

Do lado do Paulistano, o ala/armador Paulinho marcou 17 pontos somente no primeiro tempo do jogo e foi o principal jogador da equipe visitante, ao terminar com 27. O pivô Felipe brilhou no quarto período, mas seus 26 pontos não foram suficientes para a vitória do Paulistano.

Principal destaque da partida, Shamell atribuiu a vitória ao bom desempenho da defesa do Pinheiros. "A nossa defesa melhorou bastante e conseguimos diminuir as bolas de três deles. A gente melhorou a marcação, passamos a roubar bola e aí começamos a jogar em transição. Abrimos uma boa vantagem e eles tiveram que correr atrás do placar", avaliou.

Felipe, por sua vez, reconheceu as falhas da defesa dos visitantes. "Todo o nosso problema foi na parte defensiva porque o Pinheiros tem um poder ofensivo muito forte. A gente desconcentrou um pouco e depois tentamos correr atrás, porém, colocamos eles muito na linha do lance livre e aí ficou difícil. Se nós quisermos ganhar esse playoff precisamos defender melhor", afirmou.

Também nesta sexta, o Ciser/Araldite/Univille/Joinville faturou sua segunda vitória no duelo com o Vila Velha Cetaf/Garoto/UVV. Jogando em casa, venceu por 93 a 74, abrindo 2 a 0 na série melhor-de-cinco.

Sem poder contar com o armador Manteguinha e com o ala Jefferson Sobral, o Joinville contou com boas atuações do ala/armador André Goés, cestinha da partida, com 22 pontos. O experiente Espiga contribuiu com 15, enquanto Bristott e Tiagão anotaram 12 pontos cada. Pelo Vila Velha, o armador Alexandre registrou 19 pontos, e Felipinho e Stevens anotaram 13.

As duas equipes voltam a se enfrentar neste sábado, às 20 horas, novamente em Santa Catarina. Se o Joinville faturar mais uma vitória, garantirá a classificação antecipada para as quartas de final, dispensando a disputa dos dois jogos restantes da série.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.