Marcelo Figueras/Fiba Americas
Marcelo Figueras/Fiba Americas

Pinheiros surpreende Flamengo na abertura do quadrangular semifinal

Equipe constroi caminho para a fase final da Liga das Américas com grande atuação de Joe Smith

O Estado de S. Paulo

15 de março de 2013 | 22h51

SÃO PAULO - O Pinheiros largou bem no primeiro quadrangular semifinal da Liga das Américas. Jogando em Buenos Aires, no Microestadio Antonio Rotili, a equipe paulista derrotou o Flamengo por 88 a 85. Com nova vitória hoje, sobre o Lanús, o time da casa, a equipe comandada por Claudio Mortari avança para o quadrangular final.

O Pinheiros começou a todo o vapor. Com dois arremessos de três pontos de Joe Smith, a equipe disparou no placar e abriu 14 a 1. Rafael Mineiro, muito feliz no ataque, anotou nove pontos no primeiro quarto.

No segundo quarto, com um arremesso de três pontos de Paulinho Boracini, o Pinheiros chegou a liderar com 30 a 11. Aos poucos, porém, a qualificada e cara equipe do Flamengo foi ajustando sua marcação, e, com bom desempenho de Marquinhos e Vitor Benite nos arremessos, encurtaram a distância.

No intervalo, a desvantagem carioca já estava reduzida a dez pontos (41 a 31). Na marcação, o ganense Kojo Mensah e Benite conseguiram segurar Smith e Paulinho. O Pinheiros conseguiu esticar sua vantagem no final do terceiro quarto graças a um belo arremesso de três de Smith, no estouro do cronômetro: 68 a 60. 

A quatro minutos do final, o Flamengo passou à frente (78 a 76). O Pinheiros deu a resposta com dois triplos, de Smith e do paraguaio Araujo.

O Flamengo chegou a ter a chance de empatar. Marcio cometeu falta sobre Marquinhos quando o ala arremessava de fora da linha dos três pontos, mas o jogador do Flamengo acertou apenas dois dos três arremessos. Na sequência, Smith sofreu uma falta e converteu os dois lances livres. O norte-americano encerrou o jogo com 31 pontos, além de cinco rebotes e quatro assistências.

Rafael Mineiro destacou os méritos de Mortari na motivação do time. "A nossa missão ainda não acabou. Temos mais dois jogos e vamos em busca da classificação. Todo o time está de parabéns, mantivemos a garra durante todo o jogo. O Claudio nos motivou muito. O Pinheiros mostra sua força e vamos atrás da nossa meta, que é ficar entre os quatro da América."

Neste sábado, o Mavort, do Equador, enfrenta o Flamengo, às 20h05. A partir das 22h, o Lanús joga com o Pinheiros.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.