Pipoka deixa o basquete de Araraquara

Depois de ficar 4 anos em Araraquara, o pivô Pipoka anunciou nesta quarta-feira a sua saída da equipe de basquete da cidade, a Uniara. O jogador de 40 anos aceitou um convite para jogar no Universo/Brb, de Brasília, onde mora a família de sua esposa, Denise, e onde ele iniciou a carreira, no Minas Brasília Tênis Clube. "Eu quero parar de jogar no mesmo lugar onde comecei", justificou. Pipoka deixou claro que sua decisão nada tem a ver com a saída do técnico Tonzé da equipe de Araraquara - foi substituído por João Marcelo Leite. "O time foi entregue nas mãos da melhor pessoa que poderia assumi-lo, o João Marcelo. A base do Uniara hoje são os meninos que o próprio João Marcelo formou", afirmou o pivô.O presidente do time de Araraquara, Fernando Mauro, disse que a saída de Pipoka trouxe uma grande tristeza. "Somos muito gratos a ele e a equipe da Uniara lembrará para sempre que o Pipoka deixou sua marca, fez a história do time", elogiou.Além de Tonzé e Pipoka, o time de Araraquara não contará com o ala Charles e com os norte-americanos Shamell e Courtney na temporada 2005. E, por enquanto, trouxe apenas um reforço para a disputa do Campeonato Nacional: o ala Edu (ex-Assis).Com isso, as perspectivas de Araraquara no Campeonato Nacional, que começa dia 23 de janeiro, são mais modestas. "Não vamos ser campeões. Nossa expectativa é ficar entre os oito primeiros. Vamos manter sempre uma semente (de renovação), para nunca acabar o basquete em Araraquara", garantiu o presidente Fernando Mauro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.