Por motivos médicos, Vidal deixa comando do Brasília no basquete

José Carlos Vidal não é mais o treinador do Brasília. Nesta quarta-feira, a Liga Nacional de Basquete (LNB) oficializou o desligamento do experiente treinador, que pediu o afastamento à diretoria do clube e voltará a atuar somente como gestor. Ele alegou motivos médicos para tomar a decisão.

Estadão Conteúdo

23 de dezembro de 2015 | 19h22

"Fui instruído pelo meu médico a diminuir o nível de estresse, principalmente no trabalho. Na profissão de técnico isso é bem complicado. Além disso, quero voltar a atuar na gestão das categorias de base", declarou. "Agradeço aos jogadores, a diretoria do Brasília, que entendeu os meus motivos, e a torcida, que sempre me apoiou durante todos esses anos como técnico. Vou continuar no basquete, agora trabalhando nos bastidores."

Vidal ocupava o cargo de treinador do Brasília desde julho do ano passado, substituindo o argentino Sergio Hernández. Há duas semanas, ele liderou a equipe no título da Liga Sul-Americana, e na terça-feira comandou o time da capital pela última vez, na derrota por 84 a 69 para o Rio Claro, fora de casa, pelo NBB.

Após o pedido de afastamento de Vidal, a diretoria do Brasília agiu rapidamente e já confirmou o substituto, o ex-jogador Bruno Savignani. Ele atuou pelo clube em 2010 e 2011, voltou para ser o assistente de Sergio Hernández e vinha ocupando a função desde então.

"Estou muito feliz e entusiasmado com essa oportunidade, mas também ciente de que será um grande desafio na minha vida profissional. Mas, apesar da dificuldade já esperada, acredito que estou pronto. Trabalhei quase cinco anos como assistente, quatro com o Vidal e um com o Sergio Hernandez e creio que essa experiência que peguei com esses dois grandes técnicos me ajudará muito nessas minha nova caminhada", afirmou.

Tudo o que sabemos sobre:
basqueteBrasíliaJosé Carlos Vidal

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.