Divulgação
Divulgação

Pré-Olímpico Mundial de Basquete terá novo formato e chance única

Fiba ainda não anunicou onde será disputada a fase classificatória

Estadão Conteúdo

11 Agosto 2015 | 15h49

A Federação Internacional de Basquete (Fiba) resolveu fazer uma alteração radical no formato do Pré-Olímpico Mundial Masculino, último evento classificatório para os Jogos do Rio, no ano que vem. A competição, ainda sem sede definida, terá três grupos de quatro equipes. O vencedor de cada chave vai à Olimpíada.

Assim, cada time terá apenas uma chance de avançar aos Jogos pela competição: vencer o grupo, que será formado a partir de sorteio. Até o ano passado, o torneio tinha quatro chaves de três equipes. As duas primeiras avançavam às quartas de final. Foram aos Jogos de Londres os vencedores das semifinais (Rússia e Lituânia) e o terceiro colocado (a Nigéria).

Por conta do novo formato, não haveria problema de cada um dos três grupos do Pré-Olímpico ser organizado em um país diferente - afinal, os times de chaves diferentes não vão se enfrentar em nenhum momento da competição.

Os torneios regionais que serão realizados entre agosto e setembro vão definir os classificados de cada continente. Europa e Américas têm duas vagas cada, contra uma de Ásia, África e Oceania. Os EUA estão garantidos como campeões mundiais e nem disputam a Copa América, enquanto o Brasil teve seu convite confirmado.

A Rússia estava proibida de participar de competições oficiais, mas voltou a receber permissão da Fiba para poder jogar o Euro Basket, o campeonato europeu.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.