Aaaron Vincet Elkaim/AP
Aaaron Vincet Elkaim/AP

Premiado por colegas, técnico do Raptors é demitido após 'varrida' do Cavaliers

Treinador estava no comando do Raptors desde 2011 e levou a equipe aos playoffs em cinco oportunidades

Estadão Conteúdo

11 Maio 2018 | 15h34

A mais nova decepção do Toronto Raptors nos playoffs da NBA foi a gota d'água para a passagem de Dwane Casey no comando da equipe. Mesmo após ter levado a franquia à melhor campanha da Conferência Leste na temporada regular, o treinador não resistiu a mais uma "varrida" do Cleveland Cavaliers e foi demitido nesta sexta-feira.

+ Auxiliar do Spurs é anunciado como novo técnico do Charlotte Hornets

"Após uma cuidadosa consideração, decidi que este é um passo muito difícil, mas necessário, que a franquia precisa dar. Como time, tentamos constantemente crescer e evoluir para chegar ao próximo nível. Apreciamos tudo que o Dwane fez pela franquia, o agradecemos, e desejamos o melhor para seu futuro. Ele foi um instrumento para criar a identidade e cultura que temos como time, e estamos orgulhosos disso", declarou o presidente da franquia, Masai Ujiri.

Casey estava no comando do Raptors desde 2011 e levou a equipe aos playoffs em cinco oportunidades. Foi justamente o histórico na pós-temporada, porém, que pesou contra o técnico. Nestes anos, foram duas quedas na primeira rodada do Leste, para Brooklyn Nets e Washington Wizards, e três derrotas seguidas para o Cavaliers, sendo as duas últimas por 4 a 0.

Curiosamente, porém, Casey foi demitido no ano em que levou o Raptors à melhor temporada regular de sua história, com 59 vitórias, e à liderança do Leste pela primeira vez desde que entrou na NBA. O anúncio da dispensa veio somente dois dias depois de ser eleito o melhor técnico da temporada pela Associação Nacional de Treinadores de Basquete (NBCA, na sigla em inglês).

Nesta temporada, Casey ajudou a reinventar o ataque do Raptors e fez com que o time tivesse o melhor banco de reservas da NBA em questão de números. Não à toa, viu DeMar DeRozan e Kyle Lowry o elogiarem nos últimos dias, mesmo após a traumática queda para o Cavaliers.

Agora, o Raptors vai atrás de um novo comandante para a temporada 2018/2019. Já Casey deve receber diversas propostas após a campanha em Toronto. No currículo, ele tem ainda uma passagem pelo Minnesota Timberwolves, como técnico, e outras duas como assistente, pelo Seattle Supersonics e o Dallas Mavericks, onde foi campeão na temporada 2010/2011.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.