Tony Dejak/AP
Tony Dejak/AP

Presidente do Cavaliers exalta LeBron e promete aposentar camisa do astro

Dan Gilbert ressaltou o título ganho pelo astro em 2016, que encerrou uma seca de 52 anos de Cleveland sem títulos nas ligas norte-americanas

Estadao Conteudo

02 Julho 2018 | 04h50

Oito anos depois de perder LeBron James para o Miami Heat, o presidente do Cleveland Cavaliers, Dan Gilbert, se viu novamente nesta situação com o anúncio da ida do astro para o Los Angeles Lakers, na noite do último domingo. Ao contrário daquela situação, no entanto, desta vez o dirigente foi apenas elogios ao jogador, que levou a franquia ao único título de sua história na temporada 2015/2016.

+ LeBron James assina acordo de quatro temporadas com Los Angeles Lakers 

"Nós sempre vamos lembrar da noite de 19 de junho de 2016, quando o Cleveland Cavaliers, liderado por LeBron James, encerrou uma seca de 52 anos (da cidade, sem títulos nas ligas norte-americanas) entregando um esperado campeonato que muitos acharam que não veriam. Um campeonato que uniu gerações de Cleveland", escreveu Gilbert em carta aberta.

Há oito anos, o dono do Cavaliers também se manifestou sobre a saída, então para o Heat, através de uma carta. Na ocasião, porém, bem menos elogiosa. Irritado com o espetáculo protagonizado por LeBron, que na época anunciou a saída através de um programa de TV, chamado de "The Decision", Gilbert chamou o astro de "desertor" e "traidor" e atacou a decisão do jogador: "narcisista e autopromocional".

 

De lá para cá, porém, muito mudou. LeBron conquistou dois títulos com a camisa do Heat e, em 2014, decidiu voltar ao Cavaliers por sentir que estava em dívida com a franquia de Ohio, estado onde nasceu. Lá, levou o time ao primeiro título e a outras três finais, todas perdidas para o Golden State Warriors.

Talvez por este grande retrospecto recente com as cores da equipe de Cleveland, Gilbert foi só elogios a LeBron desta vez. "Nada disso teria acontecido se LeBron James não tivesse decidido voltar e liderar o Cavaliers à terra prometida. Toda a franquia do Cavaliers agradece ao LeBron por este momento precioso e por toda a empolgação que trouxe ao nos levar a quatro finais de NBA seguidas."

Não bastasse todos os elogios ao melhor jogador da história do Cavaliers, Gilbert ainda prometeu aposentar no futuro a camisa 23 utilizada por LeBron, o que o tornaria o oitavo atleta da franquia a ser homenageado desta forma, ao lado de Bingo Smith, Zydrunas Ilgauskas, Larry Nance, Mark Price, Austin Carr, Nate Thurmond e Brad Daugherty.

"LeBron, você voltou para casa e nos levou ao nosso maior objetivo. Nada além de apreço e gratidão por tudo que você se esforçou em cada momento que passou com o uniforme do Cavaliers. Estamos ansiosos para aposentar sua famosa camisa 23 do Cavs um dia", escreveu o dirigente.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.