Antonio Basilio/PMSJC
Antonio Basilio/PMSJC

Pressão de parte da torcida de São José derruba Edvar Simões

Experiente treinador cai uma semana depois da demissão de Hélio Rubens, que foi seu colega na seleção que conquistou o bronze olímpico em 68

Alessandro Lucchetti, O Estado de S. Paulo

14 de janeiro de 2014 | 18h59

SÃO PAULO - Edvar Simões não vai mais comandar o time de basquete de São José. O veterano treinador será o consultor técnico da equipe. Marcos Lima, técnico do time sub-22 de São José, vai dirigir a equipe nos dois próximos jogos do NBB.

Segundo Rafael Mota, diretor do São José Desportivo, OS (Organização Social) responsável pelo basquete da cidade, a decisão foi uma decorrência da atitude hostil de parte dos torcedores, que não aceitaram a demissão do técnico Régis Marreli, em novembro do ano passado.

"O clima no ginásio era muito hostil. Não queremos criar no basquete uma situação de violência como a que se observa no futebol. Para nós é primordial manter o espírito familiar. Edvar é uma grande personalidade da cidade, é o responsável pelo único título nacional que São José tem em todos os esportes. Infelizmente, ele vinha sendo tratado com muita ingratidão e desrespeito. Vinham ao ginásio a filha dele e seu netinho, e ele era alvo de palavras de baixo calão constantemente. Então ofereci ao Edvar o cargo de consultor técnico e ele aceitou prontamente".

A imprensa local afirma que a demissão de Marreli estaria relacionada a motivos políticos. Marreli, que comandou a equipe à conquista dos Paulistas de 2009 e 2012 e ao vice do NBB (2011/12), seria identificado com a gestão de Eduardo Cury (PSDB), prefeito por dois mandatos. Carlinhos Almeida (PT) é o atual prefeito, eleito em 2012.

"Houve um desgaste natural após sete anos de trabalho do Régis. Os motivos foram técnicos, não políticos. Um treinador não passa por concurso público e pode ser demitido", diz Mota.

São José ocupa a sétima colocação no NBB, com oito vitórias em 14 jogos. 

Edvar Simões, técnico da equipe do Tênis Clube de São José no início dos anos 80, tem no currículo os títulos paulistas 80 e 81 e a Taça Brasil de 81. 

 

 

 

 

 

 

Tudo o que sabemos sobre:
basqueteNBBEdvar Simões

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.