Ezra Shaw/AFP
Ezra Shaw/AFP

Questão familiar urgente faz Zion Williamson 'furar' a bolha da NBA em Orlando

Jogador do New Orleans Pelicans deixa a Flórida liberado pelo time e terá cumprir protocolo no retorno

Redação, Estadão Conteúdo

16 de julho de 2020 | 17h01

Zion Williamson, ala/pivô do New Orleans Pelicans, deixou, nesta quinta-feira, a "bolha" da NBA, no Walt Disney World Resort, em Orlando, na Flórida, por causa de "urgência médica familiar".

"Apoiamos completamente a decisão de Zion de abandonar o campus da NBA para estar com sua família", disse o vice-presidente executivo de operações dos Pelicans, David Griffin, en um comunicado. "Por respeito à família Williamson, não faremos mais comentários neste momento."

Segundo os protocolos da NBA, por ter deixado o local de concentração de sua equipe, Williamson terá de se submeter a exames diariamente e permanecer em quarentena durante quatro dias antes de seu retorno. Caso não se submeta a testes, o jogador deverá ficar isolado dez dias.

O atleta, de 20 anos, jogou em 19 partidas desde janeiro, quando voltou às quadras após uma cirurgia no menisco do joelho esquerdo. Os Pelicans vão jogar pela primeira vez após a pandemia em 30 de julho, quando tentarão uma vaga nos playoffs. O adversário será o Utah Jazz. Outro duelo previsto para o mesmo dia vai reunir Los Angeles Clippers x Los Angeles Lakers.

Ao todo, 22 das 30 equipes já classificadas e/ou com chances de se garantir nos playoffs estão em Orlando. Os times já 'desclassificados' tiveram suas férias antecipadas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.