Gregory Shamus/AFP
Gregory Shamus/AFP

Raulzinho vai bem em estreia na NBA; Huertas é discreto nos Lakers

Armadores finalmente estrearam em partidas oficiais

Estadão Conteúdo

29 de outubro de 2015 | 08h21

Começou na noite de quarta-feira a carreira de dois jogadores brasileiros na NBA: os armadores Raulzinho e Marcelinho Huertas. Ambos entraram em quadra pela primeira em partidas oficiais, pelo segundo dia da temporada 2015-2016. O mais jovem se saiu melhor, com boa atuação e titular na derrota do Utah Jazz para o Detroit Pistons, fora de casa, por 92 a 87. O veterano saiu do banco e foi discreto numa derrota apertada do Los Angeles Lakers para o Minnesota Timberwolves por 112 a 111.

Escalado desde o início no Jazz, Raulzinho ficou em quadra por mais de 26 minutos, período no qual sua equipe liderou o placar com 12 pontos de diferença sobre o Pistons. O armador fez oito pontos, acertando duas bolas de três, e ainda colaborou com três assistências.

O banco da equipe de Salt Lake City, entretanto, acabou sendo decisiva para o revés. Dos cinco jogadores que começaram na reserva, só dois pontuaram. O cestinha do time foi Derrick Favors, com 26 pontos. Pelo Pistons, quatro atletas ficaram entre 14 e 19 pontos, com destaque para o armador Reggie Jackson, que foi quem fez 19.

O outro brasileiro a estrear na noite de quinta-feira na NBA foi Marcelinho Huertas, mas o ex-jogador do Barcelona não repetiu, no Staples Center, o bom desempenho da pré-temporada. O veterano teve 13 minutos em quadra, acertou um de dois arremessos de quadra e fechou a partida com apenas dois pontos, duas assistências e dois rebotes.

A partida marcou o início da 20.ª temporada de Kobe Bryant pelo Los Angeles Lakers, o que faz dele agora o novo recordista de longevidade numa mesma franquia da NBA, superando John Stockton, que atuou por 19 temporadas no Jazz. Com 24 pontos, o ala pode não ser o mesmo de outros tempos, mas segue liderando a equipe.

Mas a temporada não começou nada boa para o Lakers, que chegou a abrir 12 pontos no início do terceiro quarto. A partir daí, o Timberwolves foi tirando a diferença até virar em 99 a 97, a seis minutos do fim. O time da casa reagiu no fim, teve a bola para vencer, mas Louis Williams errou o arremesso. Com 28 pontos, o espanhol Ricky Rubio teve a melhor atuação da carreira na NBA, com 28 pontos e incríveis 14 assistências.

MAIS JOGOS

Anderson Verejão também jogou na rodada de quarta-feira à noite. Voltando de lesão que o tirou de boa parte da temporada e de todo o playoff da temporada passada, o pivô começou como reserva do Cleveland Cavaliers, atuou por 10 minutos, e pegou cinco rebotes na vitória fácil por 106 a 76 sobre o Memphis Grizzlies, na casa do rival.

LeBron James não jogou como de costume, errou nove dos 13 arremessos de quadra e terminou a partida com 12 pontos. Kevin Love, que também não participou das finais da NBA por lesão, foi o cestinha com 17.

Em Orlando, Nenê foi banco do Washington Wizards, atuou por 12 minutos e teve atuação para esquecer. Errou seus seis arremessos de quadra e colheu só dois rebotes. Com ele em quadra, o Magic foi 12 pontos melhor que o Wizards. Mas a equipe da capital ganhou, por 88 a 87. A três segundos do fim, no último ataque do Orlando, a bola rodopiou no aro e praticamente parou em cima do suporte do aro.

Pelo Toronto Raptors, nem Lucas Bebê nem Bruno Caboclo foram relacionados na vitória por 106 a 99 sobre o Indiana Pacers. Kyle Lowry, com 23 pontos, Demar DeRozan, com 25, e Jonas Valanciunas, com 21, comandaram o time canadense. Também Cristiano Felício não teve sequer a chance de ficar no banco do Chicago Bulls, que ganhou do Brooklyn Nets por 115 a 100 na casa do rival.

Agora sem Tiago Splitter, que foi para Atlanta, o San Antonio Spurs viu uma atuação de gala de Russell Westbrook na derrota por 112 a 106 para o Oklahoma City Thunder. O armador fez 33 pontos e pegou 10 rebotes, brilhando num time em que Kevin Durant ainda fez outros 22 pontos. Pelo Spurs, Kawhi Leonard não resolveu, apesar dos 32 pontos.

CONFIRA OS RESULTADOS DESTA QUARTA-FEIRA

Orlando Magic 87 x 88 Washington Wizards

Boston Celtics 112 x 95 Philadelphia 76ers

Brooklyn Nets 100 x 115 Chicago Bulls

Detroit Pistons 92 x 87 Utah Jazz

Miami Heat 104 x 94 Charlotte Bobcats

Toronto Raptors 106 x 99 Indiana Pacers

Houston Rockets 105 x 85 Denver Nuggets

Memphis Grizzlies 76 x 106 Cleveland Cavaliers

Milwaukee Bucks 97 x 122 New York Knicks

Oklahoma City Thunder 112 x 106 San Antonio Spurs

Phoenix Suns 95 x 111 Dalas Mavericks

Portland Trail Blazers 112 x 94 New Orleans Pelicans

Sacramento Kings 104 x 111 Los Angeles Clippers

Los Angeles Lakers 111 x 112 Minnesota Timberwolves

JOGOS DESTA QUINTA-FEIRA

Indiana Pacers x Memphis Grizzlies

New York Knicks x Atlanta Hawks

Los Angeles Clippers x Dallas Mavericks

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.