Larry W. Smith/EFE
Larry W. Smith/EFE

Rockets batem Mavericks e estão nas semifinais do Oeste

Série termina em 4 a 1 para equipe de Houston sobre arquirrivais

Estadão Conteúdo

29 de abril de 2015 | 09h21

O Houston Rockets está classificado para a segunda rodada dos playoffs da NBA. Na noite de terça-feira, a equipe fechou em 4 a 1 a série contra o Dallas Mavericks ao triunfar, fora de casa, por 103 a 94, avançando pela primeira vez na pós-temporada desde 2009, quando sua estrela era o chinês Yao Ming.

James Harden brilhou pelo Rockets com 28 pontos e ainda deu oito assistências e Terrence Jones anotou 15, sendo dez no último quarto. Já Dwight Howard acumulou 19 rebotes e 18 pontos, enquanto Josh Smith marcou 20 pelo time de Houston, que se recuperou após perder o quarto jogo da série para o Mavericks e agora conseguiu avançar às semifinais da Conferência Oeste, quando acabou sendo derrotado pelo Portland Trail Blazers.

O Mavericks falhou nos arremessos de longa distância, tendo acertado apenas 5 de 26 tentativas de três pontos. Monta Ellis liderou o time de Dallas com 25 pontos, três a mais do que o alemão Dirk Nowitzki, que conquistou 14 rebotes. José Juan Barea acumulou nove assistências e seis pontos pelo Mavericks, que só esteve à frente do placar em alguns momentos do primeiro quarto.

O próximo adversário do Rockets nos playoffs sairá do confronto entre San Antonio Spurs e Los Angeles Clippers. E é o time texano quem está mais próximo da classificação para as semifinais da Conferência Oeste após abrir 3 a 2 na série ao derrotar a equipe californiana por 111 a 107, fora de casa, na noite de quarta-feira.

O triunfo foi o segundo do Spurs no Staples Center nesta série. E, para obtê-lo, o time contou com 21 pontos de Tim Duncan, sendo 12 no segundo tempo, e 18 de Kawhi Leonard. Já o brasileiro Tiago Splitter atuou por apenas oito minutos, com dois pontos e um rebote, enquanto o argentino Manu Ginobili somou 14 pontos e seis assistências.

Após reduzir a vantagem do Spurs para um ponto, o Clippers poderia ter conseguido a virada no placar a 4s3 do fim do confronto, mas DeAndre Jordan pôs tudo a perder ao completar com um tapinha desnecessário um arremesso de Blake Griffin que entraria. O lance, então, foi invalidado e o Spurs, de posse da bola, se aproveitou das faltas cometidas pelo Clippers para garantir o seu triunfo.

Griffin foi o cestinha do duelo com 30 pontos e ainda obteve 14 rebotes, Jordan acumulou 21 pontos e 14 rebotes e Chris Paul somou 19 pontos e dez assistências. O sexto jogo da série está marcado para esta quinta-feira em San Antonio. Se vencer em casa, os atuais campeões da NBA estarão classificados.

Os playoffs prosseguem nesta quarta com duas partidas: Atlanta Hawks x Brooklyn Nets e Memphis Grizzlies x Portland Trail Blazers. O Grizzlies lidera a sua série por 3 a 1 e o duelo entre Hawks e Nets está empatado em 2 a 2.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.