São Bernardo quer entrar para história

O Databasket/São Bernardo vai "tentar entrar para a história" do basquete paulista, segundo o técnico Marcel. A equipe começa nesta terça-feira a briga por uma vaga na semifinal do Estadual masculino, diante do líder e favorito COC/Ribeirão Preto, em série melhor-de-cinco jogos. A primeira partida será disputada em São Bernardo do Campo (SP), às 20h. Corinthians/Mogi e Franca/Petrocrystal também começam nesta terça a disputa das quartas-de-final."Vamos enfrentar a equipe favorita ao título, que teve apenas três derrotas. Ganhar três vezes do COC não é uma tarefa nada fácil. Mas vamos tentar entrar para a história do basquete", brinca Marcel.O time do ABC tem um desfalque. "Perdemos o Jefferson Sobral para esta partida. Ele foi expulso no penúltimo jogo da fase classificatória e será julgado no mesmo horário do jogo. Talvez ele dispute o próximo jogo, em Ribeirão Preto. Mas a situação é complicada porque já temos um número contado de atletas no banco", lamenta Marcel.Entre as 16 equipes do Paulista, o São Bernardo conseguiu chegar em oitavo para ficar com a última vaga para as quartas - apesar de estar com mais de três meses de salário atrasado. "Negligenciei um pouco a parte financeira do time visando ao melhor treinamento. Mas jogador não é máquina. Ficar sem salário atrapalha demais. O atleta nessa situação tem queda de nível de concentração e nível de tolerância de erro menor em relação a ele mesmo e aos companheiros", analisa o técnico, que também é dono do time.No outro jogo, o Franca vai a Mogi das Cruzes enfrentar o Corinthians, também às 20h. A série tende ao equilíbrio, já que o time visitante se classificou em quarto lugar e o da casa, em quinto. Na última rodada da fase classificatória, os dois se enfrentaram, com vitória do Franca.A equipe de Franca, comandada pelo ex-jogador Chuí, está animada pelo resultado da primeira fase. "Foi uma competição bastante equilibrada, só o COC ficou lá na frente. Mas não dá para saber como vai ser daqui para frente", analisa o técnico, preocupado com a ausência do armador Fernando Pena."Ele torceu o pé no jogo e ainda é dúvida. Vai ser um grande desfalque porque ele é um jogador muito rápido e estava jogando muito bem. Não tenho como fazer uma previsão para esse confronto com o Corinthians. Nossos estilos de jogo são muito parecidos e equilibrados", diz o treinador.As outras séries começam na quarta-feira. O Winner/Limeira, que terminou a primeira fase em segundo lugar, vai enfrentar fora de casa o Liberty Seguros/Casa Branca, que ficou em sétimo. Já o Paulistano/UniFMU, sexto, recebe o Uniara/Araraquara, que ficou em terceiro na etapa classificatória.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.