Fernando Azevedo/Fla Imagem
Fernando Azevedo/Fla Imagem

São José tenta quebrar tabu contra Flamengo de olho na vice-liderança

Em dez jogos contra os cariocas, equipe do Vale do Paraíba nunca conseguiu vencer

estadão.com.br,

24 de fevereiro de 2012 | 23h23

RIO DE JANEIRO - O São José/Unimed/Vinac tenta neste sábado chegar à vice-liderança do NBB. Mas para isso terá que encerrar um tabu dos mais indigestos. A equipe do Vale do Paraíba nunca derrotou o Flamengo, num retrospecto que totaliza dez partidas. A partida começa às 19h.

A cidade de São José tem bastante tradição no basquete, com três títulos paulistas e um brasileiro.

O Flamengo ocupa o segundo lugar na classificação do NBB e depende da vitória para não ser ultrapassado.

"A gente sabe da dificuldade de enfrentar o Flamengo e em casa eles são mais fortes ainda. Realmente nosso time não tem um encaixe tão bom contra eles, mas sempre tem uma primeira vez e a gente espera que seja amanhã", comentou o técnico joseense Régis Marrelli.

Um dos grandes responsáveis pelo tabu é Marcelinho Machado. O ala do Flamengo anotou seu recorde de pontos contra São José: 63. Nessa mesma partida, ele converteu 16 bolas de três pontos, outro recorde. Outros dois recordes pessoais de Marcelinho foram obtidos contra São José: 16 rebotes e 13 assistências.

Apesar desses excelentes números, Marcelinho está se preparando para um jogo difícil. "São José é um time bem armado, com jogadores que conhecemos bem, como Dedé, Jefferson, Fúlvio e Murilo, e tem um conjunto muito forte. Temos que fazer uma defesa forte, tirando os espaços deles e trabalhando com inteligência e velocidade no ataque", declarou Marcelinho.

 

Outros jogos:

14h - Paulistano/Unimed x Vila Velha/Garoto/BMG

17h - Tijuca/Rio de Janeiro x Cia. do Terno/Romaço/Joinville

18h - Unitri/Universo x Itabom/Bauru

18h - Araraquara x Minas Tênis Clube

19h - Winner/Limeira x Uniceub/BRB/Brasília

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.