Daniel Nery/Unifacisa
Daniel Nery/Unifacisa

São Paulo tenta forçar quinto jogo contra a Unifacisa pela Liga Ouro

Equipe de Mortari joga sua sobrevivência nesta terça-feira, em Campina Grande

Redação, O Estado de S.Paulo

28 de maio de 2019 | 04h30

O São Paulo entra em quadra pressionado para enfrentar a Unifacisa, nesta terça-feira, às 19h30, em Campina Grande. A equipe do Morumbi precisa vencer para forçar o quinto jogo pela final da Liga Ouro, competição que dá acesso ao Novo Basquete Brasil (NBB)

No último domingo, o time do técnico Claudio Mortari perdeu por 71 a 66 e está em desvantagem na série. Para o treinador, o principal desafio é reduzir o número de erros - foram 15 no último jogo contra apenas sete do adversário.

"Conseguimos anular algumas jogadas da Unifacisa e neutralizamos o time por um bom tempo, mas cometemos alguns erros especialmente na reta final que acabaram sendo fatais, afinal basquete é um jogo de erros. Mas não há nada perdido para nós", afirmou Mortari.

A principal preocupação do treinador está no ataque. O aproveitamento de arremessos foi muito ruim. O São Paulo converteu apenas 37% nas bolas de dois pontos (21/57) e 25% nas de três (4/16).

"Uma partida desse nível vai depender muito da tranquilidade da equipe nessa hora de decisão. Aconteceram alguns erros pontuais, especialmente no aproveitamento ofensivo, que foi aquém das nossas possibilidades. Acredito que fizemos um trabalho defensivo bom, o problema foi termos pontuado pouco", disse Mortari.

"Se conseguirmos elevar esse porcentual de aproveitamento ofensivo, isso vai nos dar uma possibilidade bastante razoável de empatarmos a série", completou.

O quinto jogo, se necessário, será na sexta-feira, no ginásio do Morumbi. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.