Nick Wass/AP
Nick Wass/AP

Seattle Storm 'varre' Washington Mystics e fatura a WNBA pela 3ª vez

Com vitória por 98 a 82, equipe fecha série melhor de cinco por 3 a 0; Breanna Stewart é eleita MVP

Estadão Conteúdo

13 de setembro de 2018 | 00h18

O Seattle Storm conquistou nesta quarta-feira o título da temporada 2018 da WNBA. Fora de casa, no ginásio da George Mason University, a equipe não tomou conhecimento do Washington Mystics, ao vencer por 98 a 82, e selou a "varrida" por 3 a 0 na série melhor de cinco jogos da decisão.

Novamente comandado pela ala Breanna Stewart, eleita MVP (Jogadora Mais Valiosa) da temporada regular e da final, o Storm atropelou o Mystics na decisão. Em três jogos, selou a vitória no confronto para ficar com o título da principal liga norte-americana feminina de basquete pela terceira vez, igualando o que fez em 2004 e 2010.

Somente no segundo jogo da série, vencido em Seattle por 75 a 73, o Storm teve alguma dificuldade. Na primeira partida, a equipe já havia passado com certa facilidade pelo Mystics, por 89 a 76, embalada pela grande vitória por 3 a 2 na série anterior, pela semifinal, diante do Phoenix Mercury.

Nesta quarta, o Storm ignorou a torcida da casa e abriu 17 pontos ainda no primeiro tempo. Na volta do intervalo, a equipe até diminuiu o ritmo, mas nunca permitiu que o Mystics sequer encostasse no placar.

Mais uma vez, Stewart foi a cestinha do Storm, com 30 pontos, além de oito rebotes. Ela teve ainda o importante auxílio da pivô Natasha Roberts, que marcou 29 pontos - melhor marca da carreira - e pegou 14 rebotes. Alysha Clark, com 15 pontos e nove rebotes, e a veterana Sue Bird - remanescente das conquistas de 2004 e 2010 -, com 10 pontos e 10 assistências, também se destacaram.

Do lado do Mystics, de nada adiantou as atuações da principal atleta da equipe, Elena Delle Done, com 23 pontos, e da armadora Kristi Tolliver, com 22. Esta, aliás, foi a estreia em finais da WNBA da franquia de Washington, que segue em busca do primeiro título.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.