Seleção argentina de basquete mantém técnico até Mundial

Sergio Hernández ganhou a confiança de dirigentes e jogadores e ficará no cargo até a competição na Turquia

EFE,

23 de outubro de 2008 | 21h18

O técnico Sergio Hernández será anunciado oficialmente nesta sexta-feira no comando da seleção argentina de basquete masculino até o Mundial de 2010, na Turquia.Com Hernandez no banco e o ala/armador Manu Ginóbili, do San Antonio Spurs, como referência dentro de quadra, a equipe ficou em quarto lugar no Mundial do Japão e levou o bronze nos Jogos Olímpicos de Pequim.Segundo o vice da confederação argentina, Germán Vaccaro, Hernández ganhou a confiança de dirigentes e jogadores. O auxiliar será Julio Lamas, apontado como futuro comandante da seleção."É o momento de pensar em renovação. Tanto a comissão técnica como os dirigentes acham que Lamas representa a continuidade de uma linha de trabalho", afirmou Vaccaro, que assumirá a presidência da entidade.Em recente coluna escrita para o jornal "La Nación", de Buenos Aires, Ginóbili expressou satisfação pela permanência de Hernández no cargo."Era de se esperar que lhe oferecessem a permanência após uma medalha olímpica. Fico feliz por ele e espero que os sucessos continuem", assinalou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.