Seleção brasileira feminina de basquete perde novamente para França em amistoso

A seleção brasileira feminina de basquete voltou a perder para a França neste domingo, desta vez por 82 a 59, em Biarritz, no segundo duelo da série de três amistosos entre os países - no primeiro, na última sexta-feira, as francesas venceram por 81 a 54. A terceira partida acontece nesta segunda-feira, às 18h (horário de Brasília).

Estadão Conteúdo

03 de julho de 2016 | 20h52

O principal destaque da partida foi a ala Iziane Castro, que anotou 21 pontos, pegou cinco rebotes e deu quatro assistências. Outro brasileira que teve boa atuação foi a pivô Nádia Colhado, com 12 pontos, dois rebotes e uma assistência. Pelo lado francês, a cestinha foi a ala Miyem, com 18 pontos.

O treinador brasileiro, Antonio Carlos Barbosa, criticou a atuação da equipe no primeiro tempo - o jogo foi para o intervalo com o placar de 51 a 22 para as francesas. Na opinião dele, o time sentiu a saída de Damiris, que levou uma cotovelada no supercílio e só retornou na etapa final. "É normal acontecer uma queda no rendimento do grupo, mas não ao nível que caiu. A França jogou mais uma vez muito bem. Estiveram ainda melhores do que no jogo anterior", analisou.

Iziane concordou com a análise do treinador e destacou o segundo tempo. "Conseguimos encaixar uma equipe dentro de quadra. Infelizmente, elas construíram uma diferença muito grande e não tivemos tempo de reverter o placar final. O positivo fica pela superação, melhora defensiva e atitude de conseguir reagir. A França é uma equipe que está em ritmo forte de competição, fervendo nos jogos, enquanto nós ainda estamos nos aquecendo e pegando o ritmo", comentou.

A sequência de amistosos serve como preparação para os Jogos Olímpicos do Rio, que acontece entre os dias 6 e 21 de agosto. A seleção brasileira está no Grupo A, ao lado da própria França, Austrália, Japão, Bielo-Rússia e Turquia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.