Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE
Fiba
Fiba

Seleção brasileira masculina de basquete 3x3 garante vaga nas quartas do Pré-Olímpico

Após perder da Polônia, Brasil supera a forte Mongólia e agora encara a França; apenas os três primeiros se garantem em Tóquio 

Redação, O Estado de S.Paulo

28 de maio de 2021 | 17h43

A seleção brasileira masculina de basquete 3x3 continua viva na luta por uma vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio. Após perder o primeiro jogo desta sexta-feira diante da Polônia, o Brasil entrou pressionado e, mesmo diante do favoritismo da Mongólia, fez um excelente jogo para vencer por 18 a 10, em Graz, na Áustria.

Com o resultado positivo, os brasileiros, que haviam superado Turquia e República Checa na quarta-feira, avançaram às quartas de final na segunda colocação do Grupo A. A França, nona equipe do mundo, será a adversária no primeiro mata-mata, domingo, às 11h. Para se garantir em Tóquio, o Brasil terá de ir ao pódio em Graz.

O dia começou complicado para o time brasileiro formado por Jefferson Socas, Fabrício Veríssimo, André Ferros e Jonatas Mello. A seleção fez um bom jogo diante da Polônia, atual 13ª do mundo, mas acabou perdendo de virada por 13 a 12.

A derrota deixou o Brasil sem alternativa para continuar vivo: era vencer ou vencer. Mesmo diante de um forte rival, o atual oitavo do mundo, os brasileiros começaram com tudo e abriram 5 a 0. 

A Mongólia reagiu e chegou a virar por 9 a 8, com bom aproveitamento dos arremessos do perímetro, que valem dois pontos no 3x3. A seleção brasileira, no entanto, não desistiu e, com um forte jogo no garrafão, principalmente de André Ferros, retomou o placar, abriu vantagem e segurou até o fim para vencer por 18 a 10.  

"Não fizemos um grande jogo contra a Polônia, sabemos disso, mas o importante foi não se abater para a partida diante da Mongólia. E foi isso que fizemos, mantendo o foco e jogando tudo que podíamos para conquistar a vaga", afirmou Jefferson Socas.

Tudo o que sabemos sobre:
basquete 3x3Olimpíada 2020 Tóquio

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.