Seleção chinesa sub-19 de basquete se amotina contra treinador

Jogadores assinaram com impressões digitais carta que pede demissão por tratamento 'intolerável'

EFE

13 de abril de 2011 | 10h25

PEQUIM - Boa parte dos jogadores da seleção de basquete sub-19 da China assinou uma carta pedindo a destituição do treinador do time, Fan Bin. Os atletas o acusam de tratá-los de maneira "intolerável" nos últimos três nos e de insultá-los, informou hoje o diário oficial China Daily.

 

Treze jogadores chineses, entre eles estrelas já consagradas como Guo Ailun ou Zhu Xuhang, se reuniram em um restaurante para jantar e ditaram a um dos garçons do local uma carta em que exigem a destituição do treinador. Em seguida, eles assinaram o documento com impressões digitais em tinta vermelha.

 

Os jogadores estão no Estados Unidos, levando a diante um programa de preparação dirigido por um dos assistentes de Fan, que não acompanhou o time em terras norte-americanas.

 

Fan foi nomeado técnico da equipe sub-19 em 2008, depois de deixar seu posto como treinador do time do exército na liga feminina.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.